CPF na nota? Valentim só venceu dois de dez jogos contra o Flamengo na carreira

FOTO: VITOR SILVA/BOTAFOGO

A vitória foi arrancada nos momentos finais do clássico, mas é claro que não poderia ser diferente. Na noite da última quinta-feira (7), Lincoln balançou a rede aos 44 do segundo tempo e garantiu a terceira vitória em três jogos contra o Botafogo em 2019. Mas não é só o clube alvinegro que reforçou sua freguesia: o técnico botafoguense Alberto Valentim já sofreu muito contra o Rubro-Negro na carreira. Entre passagens por Palmeiras, Vasco, Botafogo e Avaí, são dez confrontos e apenas duas vitórias

Ex-lateral direito, Valentim teve curta passagem pelo Flamengo em 1998. Veio a reencontrar o Mais Querido como treinador, muitos anos depois – e teve um início positivo. Quando ainda era técnico interino do Palmeiras, em novembro de 2017, enfrentou o Rubro-Negro no Allianz Parque e venceu por 2 a 0.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


Menos de seis meses depois, em março, sofreu a primeira derrota – já como técnico do Botafogo: 1 a 0 para o Mais Querido. O zagueiro Rhodolfo – que foi companheiro de Valentim quando este ainda era jogador no Atlético-PR – marcou o único gol. Ainda naquele mês, teve seu último gostinho de vitória sobre o Fla. Venceu o confronto válido pelo Campeonato Carioca no fim do mês por 1 a 0.

O treinador foi viver uma aventura no futebol africano, mas ficou pouco tempo no comando do Pyramids, do Egito, e voltou para o Brasil. Desta vez, foi para o Vasco – e ainda conseguiu emplacar uma sequência sem derrotas. À frente do Cruzmaltino, conseguiu empatar em 1 a 1 por três jogos seguidos – ainda que, no terceiro, válido pela final da Taça Rio de 2019, o Flamengo tenha vencido nos pênaltis.

Desde então, Valentim acumula quatro derrotas seguidas por três times diferentes. Depois da decisão da Taça Rio, o técnico enfrentou o Flamengo duas vezes pela final do Campeonato Carioca. Como acontece em todos os confrontos contra o Vasco em finais desde 1988, o Rubro-Negro saiu vitorioso: bateu o rival por 2 a 0 na ida e repetiu o placar na volta. Com show de Bruno Henrique, o Fla conquistou o título. A derrota na segunda partida custou o emprego a Valentim.

Meses depois, acertou com o Avaí – e a sina continuou. O clube catarinense levou o confronto com o Flamengo para Brasília. Diante de mais de 47 mil pessoas, os comandados de Jorge Jesus fizeram valer sua superioridade. Valentim viu do banco os gols de Reinier, Gabigol e Pablo Marí e amargou a derrota por 3 a 0.

No meio de sua passagem pelo clube catarinense, Valentim recebeu contato do Rio de Janeiro. O Botafogo estava interessado em seu retorno e o técnico prontamente aceitou. E, assim, chegou ao sexto encontro com o Flamengo em 2019 – e perdeu pela quarta vez seguida. O gol de Lincoln aos 44 do segundo tempo apenas confirmou, mais uma vez, o domínio do Flamengo sobre um adversário técnica e taticamente inferior.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *