Déjà vu: assim como Felipão, Mano Menezes é demitido do Palmeiras após derrota para o Flamengo

FOTO: CELSO PUPO / ESTADÃO CONTEÚDO

O Flamengo repetiu a dose no segundo turno e voltou a vencer o Palmeiras no Brasileirão, neste domingo (01), desta vez em São Paulo. Entretanto, a espécie de “déjà vu” não para por aí. Além do novo triunfo, assim como Felipão, Mano Menezes foi outro treinador que não resistiu à derrota para o Rubro-Negro e acabou sendo demitido pelo Alviverde.

O cenário também era parecido entre Felipão e Mano: antes do duelo com o Fla, a diretoria do clube paulista havia bancado a permanência dos treinadores, apesar dos resultados ruins nas últimas rodadas, porém voltou atrás com a derrota sofrida para o seu principal rival no futebol brasileiro. Com Scolari no comando, o revés foi por 3 a 0.


Quer AJUDAR O MENGÃO e ter mais facilidade para adquirir seu ingresso? Abra sua conta e faça o depósito inicial para ativar!


Com mais uma vitória sobre o Palmeiras, o Flamengo chegou ao seu 28º jogo de invencibilidade, mostrando mais uma vez o por quê conquistou de forma incontestável os títulos do Brasileirão e da Libertadores da América. O  próximo embate será com o Avaí, nesta quinta-feira (05), no Maracanã, com validade pela penúltima rodada do campeonato.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Essa demissão não foi por causa da derrota, que já era prevista. O Palmeiras mira Sampaoli e abriu caminho para contrata-lo ao se livrar de Mano.

  • Foi demitido para desviar as atenções da incompetência de Alexandre Mattos e da diretoria do Palmeiras.
    Fizeram conquistas, mas pararam no tempo contratando mal, Carlos Eduardo, Ramires, Luiz Adriano, etc.
    Apesar de ter comentado bastante sobre certa empáfia de Mano Menezes, vi muita consistência sobre seus comentários a respeito do Mengão, tratando-o como exemplo a ser seguido. Isto deve ter machucado a vaidade de muitos, principalmente de Alexandre Mattos.