Flamengo emplaca sete jogadores na seleção Bola de Prata do Brasileirão

FOTO: MARCELO CORTES / FLAMENGO

Após realizar um Campeonato Brasileiro magnifico, Flamengo teve superioridade na seleção Bola de Prata, premiação anual realizada pela ESPN. Apesar de possuir alguns jogadores que chegaram no meio da competição, os atletas tiveram sua parcela na conquista do heptacampeonato. Na premiação, o time carioca emplacou sete jogadores. Confira!

Diego Alves (Flamengo); Jorge (Santos), Lucas Veríssimo (Santos), Gustavo Gómez (Palmeiras) e Rafinha (Flamengo); Willian Arão (Flamengo), Gerson (Flamengo) e Arrascaeta (Flamengo); Bruno Henrique (Flamengo), Dudu (Palmeiras) e Gabigol (Flamengo).

Emplacando mais que a metade dos jogadores da seleção, Flamengo ainda teve o treinador destaque: Jorge Jesus, com méritos, foi eleito o comandante desta edição. O aproveitamento do português no campeonato chegou perto a 80% – apenas duas derrotas.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


O destaque dos 11 jogadores é Gabriel, que foi eleito o melhor jogador da competição, segundo a ESPN. Se em campo o Rubro-Negro quebra recordes, fora dele também registra alguns feitos. Jorge Jesus, por sua vez, foi premiado como melhor técnico e tornou-se o primeiro treinador estrangeiro a receber este prêmio.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ..DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIERE, TELECINE, COMBATE E CANAIS ADULTTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO WHATSAPP 11957540287

  • Everton Ribeiro foi o melhor jogador do flamengo em 2019, ele foi o principal responsável municiar o ataque, sem ele o Gabriel, B.H. não teria esse sucesso todo. Na minha opinião é o melhor jogador brasileiro em 2019.

  • Dudu é um excelente nome para o Mengão 2020.
    Difícil, mas não impossível.

  • A derrota de 4×0 para o Santos acabou com a SELEFLA.
    Se tivesse vencido ou talvez até empatado, emplacaria pelo menos Rodrigo Caio, Pablo Marí e Everton Ribeiro, já o Felipe Luiz não foi porque não foi escalado em 19 partidas, eu sabia. Só ele e o Jesus não viram isso.