Jesus é superado por Gallardo, do River Plate, no prêmio de melhor treinador da América

FOTO: DANIEL CASTELO BRANCO/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Herói do título da Libertadores, Gabigol foi eleito nesta terça-feira (31), pelo jornal uruguaio El País, o “Rei da América”, recebendo 45% dos votos de jornalistas. Na categoria de melhor treinador do continente, porém, o Flamengo não conseguiu chegar ao topo. Jorge Jesus acabou sendo superado por Marcelo Gallardo, do River Plate, que levou o prêmio pela segunda vez seguida.

Gallardo levou o River ao vice da Libertadores, perdendo na final para o Flamengo, mas emplacou os títulos da Copa da Argentina e da Recopa Sul-Americana nesta temporada. O argentino recebeu 216 votos, enquanto Jorge Jesus, campeão brasileiro e da América, foi lembrado por 133 jornalistas. O treinador do Rubro-Negro, entretanto, levou a melhor na votação popular, recebendo 63% dos votos, contra 30% de Gallardo.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, ative sua conta no Banco BS2!


Jorge Jesus chegou ao Flamengo no final de junho e, com menos de seis meses de casa, levou a equipe carioca aos títulos do Campeonato Brasileiro e da Libertadores, na mesma temporada, feito inédito ao se levar em conta o atual formato das duas competições. O técnico tem contrato com o Rubro-Negro até maio, mas existem conversas para que o vínculo seja estendido até o fim de 2020.

CONFIRA OS TREINADOS LEMBRADOS PELOS JORNALISTAS:

  1. Marcelo Gallardo (River Plate) – 216 votos (58%)
  2. Jorge Jesus (Flamengo) – 133 votos (36%)
  3. Miguel Ángel Ramírez (Independiente Del Valle) – 7 votos (1,5%)
  4. Tite (Brasil) – 6 votos (1,5%)
  5. Ricardo Gareca (Peru) – 5 votos (1,5%)
  6. Óscar Tabárez (Uruguai) – 2 votos (0,5%)
  7. Gustavo Quinteros (Universidad Católica), Alexandre Guimarães (América de Cali) e Miguel Herrera (América-MEX) – 1 voto (0,3%)

VOTAÇÃO POPULAR:

  1. Jorge Jesus (Flamengo) – 63%
  2. Marcelo Gallardo (River Plate) – 30%
  3. Gustavo Alfaro (Boca Juniors) – 3%
  4. Renato Gaúcho (Grêmio) e Miguel Ángel Ramírez (Independiente Del Valle) – 2%

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *