Ex-técnico de Michael, Barbieri destrincha características do novo reforço do Flamengo

FOTO: DIVULGAÇÃO

O Flamengo tem se reforçado com o intuito de montar um excelente plantel para a temporada deste ano. Embora ainda não tenha sido anunciado, Michael, de 22 anos, já realizou testes físicos e médicos no Rubro-Negro e é a terceira contratação do time carioca para 2020.


Qual será a próxima vítima do Flamengo? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Ex-técnico de Michael, Mauricio Barbieri concedeu entrevista ao site do Globo Esporte e analisou as características do novo reforço do Flamengo. Barbieri, que passou pelo Rubro-Negro em 2018, elogiou bastante o atacante, que foi eleito a revelação do Campeonato Brasileiro de 2019.

O Michael tem como características o drible e a velocidade. É um jogador que pode atuar em qualquer dos dois lados do campo e também como um segundo atacante. É um jogador muito audacioso que gosta de partir para o confronto com o defensor. Ele possui boa resistência física também e ajuda na marcação quando é solicitado -, disse o técnico.

Michael já conheceu as dependências do Centro de Treinamento do Ninho do Urubu. Aprovado nos exames, resta apenas o anúncio oficial. Ainda não há data para o jogador ser apresentado. O atacante disputou 54 jogos e marcou 16 gols em 2019, pelo Goiás, e foi comprado por cerca de R$ 35 milhões.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esse cara precisa passar por um tratamento psicológico permanente. Ele não bate bem das bolas. Assisti alguns vídeos de entrevistas dele em 2017, o cara tem problemas com fanatismo. Aqui no Flamengo ele só precisa jogar a bola que ‘parece’ saber jogar, fanatismo ele tem que levar na sua vida privada, aqui é só futebol e alegrias.

  • Michael na ponta esquerda e Bruno Henrique como homem de área no lugar do Gabigol. Alias, Bruno Henrique quando jogou no lugar do Gabigol que estava suspenso, teve 3 oportunidades de gols e fez os 3 gols. diferentemente do Gabigol que geralmente precisa de 3 oportunidades para fazer um gol.
    A grande vantagem do Michael sobre o Gabigol é que dribla e chuta bem com as duas pernas. A meu ver, jogador de uma perna só, é meio jogador.
    Se o Flamengo pagar o preço absurdo que a Inter quer pelo Gabigol, será um valor irrecuperável, haja vista que, se os clubes europeus e nem chineses querem o Gabigol, quem garante que no futuro vão querer? Pode ainda haver outro problema se der um salário ao Gabigol maior que os jogadores de linha do Flamengo, vai criar insatisfação no grupo.

  • VÃO ANUNCIAR NUNCA? AFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF SE Ñ TIVER ZOEIRA COM OS ANTIS EU NEM VEJO.