Marilene Dabus, “A moça do Flamengo”, morre aos 80 anos; clube publica nota de pesar

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

A sexta-feira (17) começou com uma perda significativa para o jornalismo brasileiro. Marilene Dabus, primeira mulher a cobrir futebol no país morreu aos 80 anos, no Rio de Janeiro. A “Moça do Flamengo”, como era conhecida, foi vítima de um câncer.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Marilene se destacou no jornalismo no fim da década de 60, participando de um programa de conhecimentos sobre o Flamengo. Com a grande maestria que teve na TV Tupi, a jornalista foi chamada para ser setorista do clube no jornal “Última Hora.”

Após o grande sucesso no jornalismo, Marilene Dabus foi vice-presidente de comunicação do clube na década de 70. A Moça do Flamengo foi fundamental para o crescimento da torcida nos anos 80. A ideia de chamar o centro de treinamento George Helal também foi dela.

O clube já havia colocado o nome da jornalista na sala de imprensa da Gávea. Antes da estreia no Carioca, que será neste sábado (18), contra o Macaé, será respeitado um minuto de silêncio em sua homenagem.

Confira a nota de pesar divulgada pelo Flamengo

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Irmãos e irmãs rubro negro venho convidar a vcs a fazerem parte de nossa família Flazapp, grupo de Whatsapp familiar com enquetes, curiosidades, resenhas esportivas, cartola e bolão, ambiente para se descontrair e se atualizar sobre as novidades do Mengão, e um bom bate papo, através desse número (24) 988467179

  • Prima querida, depois de tanto sofrimento, descanse em paz.

  • DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIERE, TELECINE, COMBATE E CANAIS ADULTTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO. WHATSAPP 11957540287