#COVID19: Entenda propostas discutidas pela Comissão Nacional de Clubes para ‘salvação do futebol brasileiro’

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO/CBF

A pandemia Mundial do novo coronavírus deixou os países em alerta e a principal forma de prevenção é a quarentena. As recomendações são que as pessoas só saiam de casa em casos de extrema necessidade, como forma de frear o contágio. Com a paralisação dos campeonatos no Brasil e no Mundo, a Comissão Nacional de Clubes, formada por Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Bahia e Atlético-MG, promoveu uma videoconferência na última sexta-feira (20), com a participação de representantes de mais de 20 equipes, para discutir alternativas que sejam capazes de reduzir o impacto econômico gerado pela suspensão as atividades.

Entenda as propostas apresentadas pela Comissão (divulgadas pelo globoesporte.com):

  • Férias coletivas de 23 de março a 21 de abril: conceder imediatamente a todos os atletas o gozo de trinta dias, antecipando as férias proporcionais que os jogadores venham a ter em 2020, em qualquer clube. No entanto, os atletas receberiam 50% do valor agora, e os outros 50% podendo ser pagos até o dia 31/12.
  • Férias de final de ano: de 24/12/2020 a 02/01/2021
  • Se após os 30 dias de férias não for possível a volta dos campeonatos, redução dos salários e direitos de imagem em 50% por mais um mês, com treinamento em casa
  • Ao fim desse período, se ainda não houver possibilidade de competir, suspensão dos contratos de trabalho até que se retomem as atividades, com prorrogação do vínculo pelo tempo de paralisação
  • Parcelamento das rescisões em até cinco vezes
  • A ideia é que os termos englobem as séries A, B, C E D, além de também servir para clubes pequenos (estaduais)

Mário Bittencourt, presidente do Fluminense e porta-voz da Comissão Nacional de Clubes, em entrevista concedida ao SporTV, informou que a proposta foi apresentada à Federação Nacional de Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf), e que aguarda uma reposta até esta terça-feira (24). Segundo ele, há uma tentativa de promover um “movimento nacional de acordo coletivo para salvar o futebol brasileiro”.

Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!

Conforme informado por Mário, as alternativas visam minimizar o prejuízo dos clubes, atletas e jornalistas, como forma e manter o maior número de empregos possível. O mandatário do Tricolor carioca afirmou que “neste momento não tem lado, não tem certo ou errado, é todo mundo vítima”, destacando que a proposta não é unilateral e deve ser levada em consideração pelos atletas e profissionais.

No Brasil, o número de casos confirmados do COVID-19 vêm crescendo consideravelmente nos últimos dias. Segundo dados divulgados pelas secretarias estaduais de saúde, nesta segunda-feira (23), o país tem 1898 infectados em todos os estados e no Distrito Federal. O boletim oficial do Ministério da Saúde registra 1891 casos, com 34 mortes, sendo 30 vítimas em São Paulo e quatro no Rio de Janeiro.

 

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • As garotas mais quentes esperando por você no — Hotsial.Com

  • DESBLOQUEAMOS OS CANAIS PREMIERE, TELECINE, COMBATE E CANAIS ADULTTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA.. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO. WHATSAPP 11957540287