Dirigente da Portuguesa nega orientação para evitar ao máximo contato com o Fla: “Viemos para jogar futebol”

FOTO: MARCELO CORTES / FLAMENGO

Por: Isabelle Costa e Marvin Machado

Por conta do surto do novo coronavírus, o Flamengo joga com portões fechados neste sábado (14), contra a Portuguesa, no Maracanã. Com o grande temor pela doença, chegou a ser veiculado que o departamento médico da Lusa havia orientado seus jogadores para que evitassem ao máximo o contato físico com atletas do Rubro-Negro. O vice-presidente geral do clube da Ilha do Governador, Marcelo Barros, negou a informação.

Nós viemos para jogar futebol, não temos nada contra o Flamengo. Pelo contrário, o Flamengo é uma equipe querida, esteve com a gente na Ilha do Governador, temos um apreço muito grande pelo Flamengo. O futebol existe o contato natural do esporte, e não estamos preocupados com nada além disso, só em jogar futebol -, afirmou o dirigente, em contato com a reportagem do Coluna do Fla.

Isso é extracampo, não tem nada a ver. A Portuguesa não está preocupada com relação a essa situação. Quem precisa estar preocupado é o Ministério da Saúde, os órgãos competentes, e não a Portuguesa. Viemos para jogar futebol somente. Ninguém está autorizado a falar da nossa comissão técnica e nem médida a respeito disso -, completou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) comunicou na noite da última sexta-feira (13) que os jogos da rodada da Taça Rio aconteceriam sem torcida. Antes, o Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witsel, assinou um decreto definindo medidas para a contenção da pandemia do novo coronavírus no estado, o que inclui o fechamento do Maracanã para o público.

O decreto para evitar a proliferação do COVID-19 no Rio de Janeiro determina o cancelamento de eventos que envolvam aglomeração de pessoas, tais como eventos esportivos, shows e feiras, mas ainda assim a rodada do Campeonato Carioca foi mantida. Sobre a decisão de não suspender os jogos, o Governador Wilson Witsel afirmou que “o risco seria apenas dos jogadores”.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Libero todos os canais de televisão (DAZN, esportes, combate, discoverys, telecines, todos os jogos do Premiere, e muito mais), + 3000 filmes, + 300 séries, por apenas R$ 35 mensais. Teste grátis. Basta ter, pelo menos, 15 mega de internet. Me chama no WhatsApp 21988788640