Bandeira recorda processo de reconstrução financeira do Flamengo: “Dispensamos o nosso melhor jogador”

FOTO: GILVAN DE SOUZA

Ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello participou de uma live na última segunda-feira (13) com Mário Gobbi e Felipe Ezabella, membros do grupo de oposição “Corinthians Grande”, e contou detalhes de sua gestão no Rubro-Negro, entre 2013 a 2018. Bandeira fez questão de relembrar a difícil situação enfrentada no início de seu mandato.

Foi uma situação muito difícil. Com menos de um mês (de mandato), dispensamos o nosso melhor jogador, que na época era o Vagner Love. Ele nos custava mais ou menos R$ 1 milhão por mês e ainda estávamos devendo 6 milhões de euros para o CSKA (clube da Rússia). Conseguimos desfazer a operação, ele (Vagner Love) e seu empresário foram muito compreensivos. Tivemos que dispensar todos os atletas dos esportes olímpicos. Foi um drama -, contou o ex-presidente, prosseguindo:

Começamos a nos movimentar. De vez em quando nos reuníamos na câmara federal para discutir aquilo que acabou virando o PROFUT. Foram quatro ou cinco anos de muito sacrifício. O Flamengo era réu em 600 ações trabalhistas. Moral da história: no último ano, já estávamos em uma situação muito melhor, a partir de 2015 já tínhamos uma certa sobra para reforçar o time, as ações trabalhistas foram quase zeradas. E claro, contamos com a força da torcida do Flamengo -, completou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Durante a live, a presença de Eduardo Bandeira de Mello em uma diretoria futura do Corinthians foi cogitada pelos torcedores logo depois de Mário Gobbi, presidente do clube entre 2012 a 2015, afirmar que pretende criar uma gestão com nomes de respaldo caso seja eleito. Atualmente, o ex-mandatário do Flamengo é pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Outra ação importante foi o negócio com o prédio do Mprro da Viúva e o casarão de São Conrado, os valores ajufou muitona restruturação do clube

  • Re construir um lar falido , ja eh ” muito ” dificil , imagina um clube do tamanho do Flamengo ! ! !

    SIMPLES ASSIM …..

    Imagina colocar 3 contas de ENERGIA EM DIA ? ? ? E depois sobrar dinheiro para COMER PIGANHA .
    Dai , tera a ideia do tamanho do trabalho desenvolvido , pela diretoria do BANDEIRA DE MELO .

  • Teve alguns vacilos, mas no geral mudou a cara do Flamengo….dependendo da idéia do plano de governo, terá o meu voto para Prefeito.

  • O melhor presidente de todos os tempos no Flamengo, se não fosse ele, estaríamos sem títulos expressivos em 2019 e 2020. Aqueles que chegaram agora pegaram a cama pronta, foi só deitar.

  • Tenho muito respeito por este cidadão, tudo que vc estamos conquistando foi ele que iniciou.tmj

  • Dispensou o Vagner Love, ok. No entanto, qual o motivo que levou esse senhor a segurar o Muralha? E qual o motivo para pagar 20 milhões no Pires da Motta? Ele foi muito bom na contenção de gastos, mas na parte do futebol foi lamentável, isso sem falar nas constantes trocas de treinadores e na quebra de palavra com os membros da atual diretoria.

  • Obrigado Eduardo bandeira de Melo, será lembrado pela Nação por muitos e muitos anos, w jampa João pessoa PB

  • GRANDE ADMINISTRADOR!

  • tem meu voto é família

  • Se vier pelo partido dos trabalhadores tem meu voto é família

  • Apesar de não concordar em alguns pontos, Bandeira merece uma estátua!!!

  • Obrigado Bandeira. O tempo passará e seu nome estará escrito para toda a eternidade na constelação de Estrelas do Maior do Mundo. Hoje prevalece a injustiça dos homens mas a História que será contada te colocara no lugar que merece e isso não tem preço. Obrigado pelo grande legado. SRN