Flamengo negocia junção no vôlei feminino e pode incorporar elenco do SESC

FOTO: MARCELO CORTES / FLAMENGO

O futuro do vôlei do Flamengo segue indefinido. Porém, uma notícia é boa: o clube negocia com o poderoso SESC a incorporação de todo o plantel carioca pela agremiação rubro-negra? Os detalhes da investida ainda são poucos e ninguém divulga nada de maneira oficial, até porque, ainda estamos no estágio da negociação. Confira abaixo as últimas notícias, de acordo com o Oddsshark.com.


Como apostar?

O voleibol tem opções diferentes de apostas em relação ao futebol. É possível apostar na vitória de uma maneira geral ou na vitória sem a necessidade de tie-break, já que no mundo das levantadas e cortada não há empate. É possível investir na diferença de pontos entre a equipe vencedora e a perdedora (por set ou na partida inteira). Também está disponível aplicar no total de pontos anotados ao longo do jogo.

Apostar em cada set faz de aumentar ainda mais o leque de investimentos. Você pode aplicar no vencedor de cada parcial, na diferença de pontos de cada, no total de pontos de cada, etc.

Estas valem para qualquer torneio de voleibol: Superliga, Superliga B, Copa do Brasil, Campeonato Sul-Americano, Liga Mundial, Jogos Olímpicos, Grand Prix, Liga das Nações, Copa do Mundo, etc.

Clique neste link do Oddsshark.com para mais informações.


Flamengo confia no acerto com o rival carioca

Segundo o blog Esporte Rio, o SESC tem diminuído o investimento no esporte. No começo do ano, os cartolas anunciaram o fim da equipe masculina. Ainda há a intenção de se manter o time feminino. Porém, uma redução de custos seria muito bem-vinda e o elenco da temporada 2020/21 custará menos por mês. Um ponto positivo a favor do Flamengo seria abrir a Gávea para estas jogadoras, desobrigando o SESC a alugar o ginásio do Tijuca Tênis Clube para treinos e jogos.

Campeão da Copa do Brasil de 2020 e Tricampeão Estadual de 2017, 2018 e 2019, o SESC ocupava a segunda posição da Superliga antes dela ser cancelada por conta da pandemia de coronavirus. O sexteto carioca nunca deixou de ser um dos favoritos ao título pelo Spin Sports.


Flamengo Dispensa Treinador

Muito criticado pela torcida que compareceu em peso aos ginásios, o técnico Alexandre Ferrante não teve seu contrato renovado pelo rubro-negro. Isso é mais um indício de que o Flamengo conta com a fusão e Bernardinho passaria a ser o comandante do Mais Querido do Brasil.

Insatisfeito com o décimo lugar obtido na Superliga de 2019/20, o Flamengo teria aceitado que o SESC passasse a gerir a equipe de vermelho e preto. Assim, do elenco atual, permaneceriam na Gávea apenas as jovens reveladas na base do clube. As contratadas seriam dispensadas, o que de fato já aconteceu com a argentina María Victoria Mayer, com a italiana Valeria Papa e com Nandyala Gama, que acertou sua ida para o Pinheiros.


Cenários possíveis

Neste momento, é possível enxergar dois cenários possíveis, caso as negociações avancem. Ou oficialmente SESC acaba e a empresa passa “apenas” a patrocinar o vôlei do Flamengo ou Urubu acaba e arrenda o elenco do SESC.

Neste segundo caso, a equipe oficialmente inscrita seria o Rio de Janeiro Vôlei Clube, razão social do voleibol do SESC.


SESC tem elenco para 2020/21

O SESC tem bastante novidades em seu grupo de jogadoras para o novo ciclo. Em relação ao último ano, deixaram o clube: Tandara (para o Osasco), Lara (para o Minas Tênis), Renatinha, Thais, Peña e Carol Leite (para o SESI).

Em contrapartida, estão contratadas: Juma, Lorenne e Valquíria. O trio estava no Barueri.

Sendo assim, o sexteto titular seria formado por Lorenne, Milka, Drussyla, Amanda, Juciely e Fabíola, com Natinha e Gabiru como líberos e o professor Bernardinho no banco de reservas.

Não há nenhuma dúvida que o SESC continuará a ser um dos favoritos ao título, segundo o Spin Sports.


Campeonato Estadual em Perigo

O Campeonato Estadual do ano passado contou apenas com Flamengo, Fluminense, SESC e a seleção brasileira juvenil. Com a possível fusão de duas destas equipes, o certame fica comprometido. Será que teremos participantes suficientes?

Quando o primeiro saque for dado, provavelmente em outubro, você poderá apostar no vencedor de cada jogo através do Spin Sports. Nesta plataforma você poderá também investir no campeão final do torneio.


Rússia ignora pandemia

Apesar do cancelamento da Superliga brasileira e da suspensão de diversas ligas ao redor do mundo, o vôlei não parou na Rússia e você encontra odds muito sedutores nas casas de apostas.

Estão em andamento a Liga Ural (feminina e masculina) e a Liga Liberdade (feminina).

Veja também