Mauro critica forma como o Flamengo lida a imprensa: “Se blinda, cria uma bolha conveniente”

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

O Flamengo tem se tornado referência de gestão nos últimos anos. Não à toa, o clube alcançou quase R$ 1 bilhão de receitas em 2019. Porém, o Rubro-Negro não tem recebido apenas elogios na administração de Rodolfo Landim. O jornalista Mauro Cezar Pereira, por exemplo, não concorda com a maneira como o Fla tem tratado com a imprensa.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Durante o podscast “Posse de Bola“, do Uol Esporte, o jornalista externou sua opinião sobre o tema. Na visão de Mauro Cezar, o presidente do Flamengo escolhe os programas que vai dar entrevista, com o intuito de se cercar de poucas críticas. Além disso, o comentarista ainda disse que essa atitude não é benéfica, pois cria-se um circulo vicioso, com apenas elogios e poucas informações.

O presidente do Flamengo vai em um veículo, no outro, mas não vai em todos. Então, o que acontece? O Flamengo se blinda, faz esse tipo de coisa aí dentro da sua TV no YouTube para passar uma imagem positiva, todo mundo se autoelogiando, rasgando seda. E você jornalisticamente não tem quase nada, muito pouco, porque você colocou ali alguns profissionais que não são, alguns são jornalistas, outros não, são youtubers que são na verdade, nada contra eles, não estou aqui faltando ao respeito com eles, mas não são a imprensa -, disse, antes de prosseguir:

Agora, se ele der uma coletiva, alguém vai perguntar, com certeza algum colega vai perguntar sobre esse tipo de coisa. Então, você vai criando ali a bolha conveniente, e isso é muito ruim, gente, as pessoas não estão se atentando, isso é controle da informação, é uma tentativa de controlar a informação para vender agenda positiva para passar sempre a imagem de que está tudo bem. Eu acredito que com os jogadores e com o técnico está tudo bem, o Flamengo está super bem no futebol, mas existe um entorno com muitas polêmicas e muitos pontos que são escuros e merecem a discussão, e não vai ter discussão num ambiente esterilizado -, encerrou.

Após três meses de paralisação, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Flamengo já tem data para retornar aos gramados. O clube entra em campo na quinta-feira (18), para encarar o Bangu, em partida válida pela retomada do Campeonato Carioca. O horário ainda não foi definido, e o presidente da FERJ, Rubens Lopes, vai se reunir com o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivela, nesta quarta-feira (17), para alinhar os últimos detalhes do retorno da competição.

Veja também