Miguel Ángel Ramírez pode ser o “plano B” do Flamengo, diz Mauro Cezar

FOTO: DIVULGAÇÃO

O departamento de futebol do Flamengo segue se planejando para viajar ao continente europeu em busca de um novo treinador para substituir Jorge Jesus. A prioridade da diretoria é um técnico estrangeiro. Segundo o jornalista Mauro Cezar Pereira, caso Marcos Braz não volte com um treinador, o “plano B” é o espanhol Miguel Ángel Ramírez, do Independiente del Valle, do Equador.

O plano B, se os europeus que estão na Europa não aceitarem, pode ser um europeu que está na América do Sul, o Miguel Ángel Ramírez, do Independiente del Valle. Que tem contra si, o fato de ser muito jovem, 35 anos, não treinou nenhuma equipe antes dessa equipe equatoriana, mas já conhece a realidade da América do Sul, já conhece as competições daqui, já ganhou uma Copa Sul-Americana, disputa a Libertadores, enfrentou o Flamengo, conhece bem o time, estudou o time, fez dois jogos muito bem jogados contra o Flamengo.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


 

Ainda segundo Mauro Cezar, um treinador brasileiro só seria chamado caso algumas dessas opções não se concretizem. Os técnicos do Brasil são a última opção do Flamengo.

Essa chance pequena só exite por conta da Covid. Não fosse a Covid, os técnicos brasileiros teriam chance zero poque com toda certeza, conseguiriam um técnico na Europa. Hoje, com essa situação, não podemos descartar possibilidades -, concluiu.

Veja o perfil do treinador Miguel Ángel Ramírez feito pelo COLUNA DO FLA:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *