Pedro Rocha elogia Maurício Souza e confessa que elenco decidiu continuar ‘na pegada’ de Jorge Jesus

FOTO: DIVULGAÇÃO

Pedro Rocha chegou ao Flamengo no início deste ano, a pedido de Jorge Jesus. O treinador, no entanto, aceitou a proposta do Benfica e se despediu do Rubro-Negro há cerca de 15 dias. Maurício Souza, do sub-20, assumiu o comando da equipe, enquanto o clube não fecha com novo técnico. O atacando do Fla elogiou os trabalhos do “interino“.

(Treinos) Têm sido muito bom. O Maurício é um ótimo treinador, mostrou isso no começo do ano no Campeonato Carioca. Ele tem umas ideias muito boas, parecido um pouco com o que era o Mister. Cada vez mais ele tem colocado aquilo que acha importante para a gente melhorar. Essa semana que passamos com ele tem sido muito produtiva -, disse o atacante, em entrevista ao Lance!.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


Jorge Jesus marcou época no futebol brasileiro. Em 13 meses de Flamengo, o treinador perdeu apenas quatro jogos e conquistou cinco títulos: Campeonato Carioca, Supercopa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Recopa Sul-Americana. Além da tática, a intensidade exigida pelo Mister era vista como diferencial do técnico, e Pedro Rocha confessou que o elenco decidiu não deixar a “peteca” cair e permanecer na “pegada” de JJ.

Nosso grupo é muito bom. Depois da saída do Mister, colocamos na cabeça que deveríamos continuar assim, principalmente nos treinamentos… aquela nossa intensidade que se vê nos jogos. Sabemos que isso é o nosso diferencial dentro do jogo, e colocamos na cabeça que deveríamos continuar porque faz diferença dentro de campo -, encerrou Pedro Rocha.

Embora tenha sido um pedido de Jorge Jesus, Pedro Rocha atuou pouco com  o treinador. Ele participou de apenas quatro jogos e marcou um gol. O atacante aguarda a definição do novo técnico, que deve ser Domènec Torrent. O comandante catalão se reúne com o Flamengo nesta quinta-feira (30), em Barcelona, na Espanha, para acertar os últimos detalhes do contrato, que deve ter duração até dezembro de 2021.