Jornais portugueses destacam derrotas do Flamengo após saída de Jorge Jesus e apontam equipe ‘fora dos trilhos’

O Flamengo trocou de treinador após Jorge Jesus acertar seu retorno para o Benfica, de Portugal. Para ocupar a vaga deixada por Mister, o Mais Querido contratou o catalão Domènec Torrent. Dome, como gosta de ser chamado, foi apresentado no Ninho do Urubu na segunda-feira (03). Desde que assumiu o elenco rubro-negro, o técnico esteve à frente da equipe em duas oportunidades, ambas pelo Campeonato Brasileiro, que começou no último domingo (09).

Domènec tem, entretanto, dois jogos e duas derrotas à frente do Flamengo. Na primeira rodada do Brasileirção, a derrota de 1 a 0 para o Alético-MG, com gol contra de Filipe Luís e, na quarta (12) passada, o revés por 3 a 0 para o Atlético-GO, que acabou virando destaque e repercutindo na imprensa portuguesa, como mostrou o portal Uol.

O jornal ‘Record’ relacionou a boa fase do Fla em 2019 ao treinador Jorge Jesus: “Depois de ter ganho tudo com Jorge Jesus, o Mengão não consegue reentrar no trilho dos triunfos com o técnico catalão Domènec Torrent”, dizia a publicação, que concluiu caracterizando o momento do Mais Querido com Domènec como “impensável”. O veículo ‘O Jogo’, por sua vez, estampou o seguinte título após a partida: “Flamengo soma segunda derrota seguida após saída de Jorge Jesus”.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


A próxima oportunidade do Flamengo, atual campeão brasileiro, voltar a vencer em nesta temporada, é no sábado (15), contra o Coritiba, no Couto Pereira. A partida acontece às 19h30 (horário de Brasília), com transmissão exclusiva do Premiere, após a Rede Globo conseguir uma liminar para impedir que a Turner exibisse o duelo no TNT (canal fechado).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Que pena ficamos tantos anos de sofrimento quando a felicidade chega só dura um ano já começa o sofrimento! Tudo estava indo tão bem estou muito triste com isso, desculpem é só um desabafo