Na Rússia, Felipe Vizeu, ex-Flamengo, não descarta volta ao Brasil

FOTO: REPRODUÇÃO

Desde janeiro de 2020 emprestado ao Akhmat Grozny, da Rússia, Felipe Vizeu, ex-Flamengo, não vem bem. Em sete jogos disputados, o atacante marcou um gol. A saber, em virtude da pandemia do novo coronavírus, o futebol russo voltou somente em julho, e desde o retorno, o brasileiro vem recebendo muitas sondagens.

Vizeu, de 23 anos, segundo seu estafe, recebeu propostas oficiais de cinco países não revelados. Uma volta ao Brasil não é descartada pelo jogador, onde além do Fla, já defendeu o Grêmio. A grande quantidade de clubes interessados no futebol do garoto do ninho se dá pelo fato do Akhmat Grozny não ter condições de pagar o valor de compra pedido pela Udinese (clube que detém os direitos do atacante). Sendo assim, o atleta foi liberado para ouvir propostas, já que os russos aceitam libera-lo amigavelmente, sem restrições e multas.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Cria da base do Mais Querido, Felipe Vizeu subiu para os profissionais em 2016, após boa participação na Copinha do mesmo ano. Ao total, foram 75 jogos e 20 gols com a camisa rubro-negra. Em 2018, por 6,5 milhões de dólares (cerca de R$ 20 milhões na cotação da época), foi vendido para a Udinese.

Na Itália, Vizeu acabou não tendo muitas oportunidades e logo voltou ao Brasil. Em 2019 defendeu o Grêmio, atuando em 26 partidas e marcando cinco tentos. Recentemente, antes de se transferir para o futebol russo, conversou com outros dois times brasileiros: Botafogo e Athletico-PR.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *