Por causa de problemas judiciais com seu fundador, Qualicorp desiste de patrocinar o Flamengo

FOTO: SILVIA CONSTANTI/VALOR

POR: TULIO RODRIGUES

O Flamengo negociava com a Qualicorp, administradora de planos de saúde, um contrato de patrocínio para o calção do futebol. O vinculo seria de 12 meses e geraria quase R$ 3 milhões aos cofres rubro-negros (exatos R$ 2.920.000). Porém, por causa de problemas com a justiça do seu fundador, o empresário José Seripieri Filho, a empresa desistiu de patrocinar o clube. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista Gabriel Reis, o Paparazzo Rubro-Negro e confirmada pelo COLUNA DO FLA.

O empresário José Seripieri Filho, conhecido como Júnior, foi preso temporariamente no dia 21 de julho, acusado de repassar R$ 5 milhões à campanha de José Serra (PSDB) ao Senado Federal em 2014, via caixa 2, por meio de contratos fictícios com empresas. No dia 24, a Justiça Eleitoral de São Paulo mandou soltar o fundador da Qualicorp.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


 

O contrato já estava para ser votado pelo Conselho de Administração, que já havia sido convocado para reunião no dia 05 de agosto, próxima quarta-feira. O clima era de que seria aprovado mesmo com ressalvas do Conselho Fiscal. O que motivou a empresa a não dar prosseguimento na parceria, é que a prisão e os problema jurídicos de um dos seus mais importantes executivos, atingiu à sua imagem por causa da ampla repercussão do caso, que deve ter mais desdobramentos no futuro.

Caso fosse aprovada pelo Conselho, a marca da Qualicorp já seria estampada no uniforme do Flamengo no próximo jogo, dia 09 de agosto, contra o Atlético-MG, no Maracanã, em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O clube já está no mercado novamente conversando com outras empresas.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *