Em documento enviado ao STJD, Flamengo lista 30 profissionais do futebol infectados apenas nesta semana

FOTO: PAULA REIS / FLAMENGO

Um surto do novo coronavírus atingiu o Flamengo nesta semana, e 30 membros do clube, entre jogadores, dirigentes, departamento de futebol, comissão técnica e funcionários, testaram positivo para a doença. Com o alto número de infectados e às vésperas do jogo contra o Palmeiras, pelo Brasileirão, o Mais Querido recorreu ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), para solicitar o adiamento do confronto.

Em documento enviado à entidade, o Flamengo revelou o nome dos 30 infectados, sendo 16 jogadores e 14 funcionários, explica as razões pelas quais solicita o adiamento do jogo, e conta até com laudos médicos que apontam a realização da partida como “um risco sanitário aos participantes do evento”.

Confira a lista de infectados pela covid-19:

Jogadores:

Bruno Henrique
Diego Ribas
Everton Ribeiro
Filipe Luís
Gabriel Batista
Gustavo Henrique
Isla
João Gomes
Léo Pereira
Matheus França
Michael
Renê
Rodrigo Caio
Thuler
Vitinho
William Arão

Outros profissionais:

Domènec Torrent (treinador)
Carlos Eduardo Furtado (analista de desempenho)
Eduardo dos Santos Sepe Calcada (fisioterapeuta)
Douglas Ferreira de Oliveira (nutricionista)
Márcio Alves Tannure (médico do Clube)
Juan (Supervisor técnico)
Marcio Teixeira dos Santos (Supervisor)
Rodrigo Ernesto de Andrade Rego (terceirizado, responsável pela logística)
Edvard Lima de Souza (terceirizado, auxiliar de logística)
Marcelo Flaeschen Barbosa (assessor de imprensa)
Vinicius Vieira Camara de Castro – (Coordenador de Imprensa)
Luiz Rodolfo Landim (Presidente do Clube)
Luiz Eduardo Baptista Pinto da Rocha (Vice-Presidente de Relações Externas)
Marcelo Roisman (Conselheiro)


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Antes de tomar uma decisão, o STJD solicitou um posicionamento da CBF, que terá até esta sexta-feira (25) para responder. O Palmeiras, por sua vez, já se manifestou contrário ao adiamento do jogo e, nesta tarde, emitiu um comunicado, assinado pelos atletas, reiterando o desejo de entrar em campo contra o Flamengo.

Caso ocorra, o duelo entre Flamengo x Palmeiras, previsto para o próximo domingo (27), será disputado no Maracanã, às 16h (horário de Brasília), e o Rubro-Negro terá uma grande dor de cabeça para entrar em campo, considerando um total de 19 desfalques, entre jogadores infectados e lesionados.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • -Libero todos os canais de televisão (DAZN, esportes, combate, discoverys, telecines, todos os jogos do Premiere, e muito mais), + 20.000 filmes, + todas as séries, por apenas R$ 39 mensais. Teste grátis.
    -Não necessita de antena!
    -Basta ter, pelo menos, 15 mega de internet.
    -Funciona em Smart Tv, notebook, tv box, celular, tablet, PC.
    -Me chama no WhatsApp 21 98878-8640

  • IMPRESSIONANTE COMO AS PESSOAS LEVAM O ESPORTIVO PARA O PESSOAL, O ÓDIO QUE DESTILM CONTRA O FLAMENGO, APESAR DE QUE, ÓBIVIO, QUE SERIA, DEPOIS DE SE ESTRUTURAR, O MAIOR, EM TODOS OS SENTIDOS, MAS, O QUE ESTÁ OCORENDO, É UM ÓDIO, DESENFREADO, CONTRA UM TIME DE FUTEBOL; INCOMPETÊNCIA, A PARTE, O FLAMENGO NÃO IRÁ SUCUMBIR, MESMO QUE, PERCA O ANO OU DUAS PARTIDAS POR WO, QUERO SABER, QUEM, EM SÃ, CONSCIÊNCIA, ESTÁ ENTENDENDO , O QUE, ISSO VAI REPRESENTAR! O ELENCO DO FLAMENGO FICARÁ LIVRE, DISSO! SERÁ: “TEORIA DA CONSPIRAÇÃO”! KKKKKKKK

  • Pouca virtude no futebol atual. É comum essa rara virtude nos dirigentes esportivos. Mas os tempos são de grandes dificuldades por conta da avassaladora pandemia. Entram de cabeça no time do egoísmo extremo jogadores, comissão técnica e nossos muito fracos jornalistas esportivos. Ainda bem que todos são extraterrestres como o Messe e o Pelé .

  • Pouca virtude no futebol atual. É comum essa rara virtude nos dirigentes esportivos. Mas os tempos são de grandes dificuldades por conta da avassaladora pandemia. Entram de cabeça no time do egoísmo extremo jogadores, comissão técnica e nossos muito fracos jornalistas esportivos. Ainda bem que todos são extraterrestres como o Messe e o Pelé .