Fora o baile! Flamengo goleia o Bahia, chega à terceira vitória fora de casa e cola no G-4

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO
Por: Paula Mattos
Flamengo e Bahia entraram em campo na noite desta quarta-feira (02), em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Com seis desfalques para o jogo e buscando mais uma vitória na competição, o Mais Querido entrou em campo com Gabriel Batista, Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Renê; Willian Arão, Thiago Maia e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Pedro Rocha e Pedro.
O Flamengo voltou a jogar bem e apresentou uma grande evolução em relação às primeiras partidas do campeonato. Com um primeiro tempo consistente, o Rubro-Negro colocou bastante intensidade, foi muito superior ao Bahia e parece estar reencontrando o caminho das glórias. Apesar do domínio no confronto, o Mengão, que entrou em campo com o terceiro goleiro, teve algumas falhas e deixou o Bahia balançar as redes, mas, de goleada, convenceu e garantiu a vitória. Com dois gols de Pedro, dois de Arrascaeta e um de Everton Ribeiro, Flamengo deu show e venceu o Bahia por 5×3.

O JOGO:

Aos 40 segundos, o Flamengo teve um grande chance de abrir o placar. O Bahia errou na marcação, Pedro ajeitou para Everton Ribeiro, que chutou de perna diria e bateu para fora. No entanto, logo no lance seguinte, o Flamengo conseguiu abrir o marcador. Com um minuto de jogo, depois de uma saída de bola errada do goleiro Anderson, Pedro balançou as redes e colocou o Mengão em vantagem.

Aos sete minutos, Willian Arão chutou de fora da área e mandou uma bomba em direção à meta de Anderson, que foi buscar e salvou o Bahia. Todavia, o Flamengo continuou pressionando a defesa do adversário e chegou com muito perigo. A zaga do Bahia se enrolou inteira e quase marcou um gol contra.

Superior em todo o primeiro tempo, o Mais Querido apresentou uma grande evolução coletiva, principalmente na parte ofensiva. O trio Arrascaeta, Pedro Rocha e Pedro foi o grande diferencial da equipe que, com bastante intensidade, não deixava o Bahia descansar. Apesar do domínio do Mengo, o adversário não desistiu de tentar atacar e, aos 31, Rodriguinho bateu e balançou as redes de Gabriel Batista, diminuindo a vantagem no marcador. A bola bateu no travessão e matou o goleiro. Mengo 2×1.

Sem diminuir o ritmo, o Flamengo continuou buscando o gol adversário, e com uma jogada ESPETACULAR, de pé em pé, marcou um verdadeiro GOLAÇO. Everton Ribeiro, de três dedos, deu um passe incrível para Isla, que cruzou na cabeça de Arrascaeta, e o camisa 14 só precisou estar no lugar certo na hora certa. Mengo 3×1.

Mesmo com o domínio da partida, em uma falha de Gabriel Batista, o Rubro-Negro viu o Bahia encostar novamente no placar. Com uma bola cruzada em direção à meta do Flamengo, o terceiro goleiro errou na defesa e deu um presente para Élber, que balançou as redes do Mais Querido. Mengo 3×2.

Aos 42 minutos, o Mengão teve mais uma chance incrível de marcar. Pedro Rocha tocou para Pedro, a bola voltou para Everton Ribeiro, que bateu bonito. O zagueiro adversário se jogou na frente e, com um milagre, conseguiu impedir o quarto gol do Mengo. Fim do primeiro tempo: Flamengo 3×2 Bahia.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, e o Flamengo já retornou aos gramados pressionando a saída de bola do Bahia.

Logo aos três minutos da segunda etapa, Everton Ribeiro, capitão do Mengão, esbanjou categoria e marcou um GOLAÇO para ampliar a vantagem do Flamengo. O camisa 7, que jogou de terno, dominou, girou, ganhou de dois e balançou as redes de Anderson. Mengo 4×2.

Sem dar tempo para o Bahia respirar, logo na jogada seguinte, o Mais Querido conseguiu vencer a defesa adversária e marcar o quinto. Com uma troca de passes precisa e uma tabelinha entre Arrascaeta e Pedro Rocha, o Uruguaio mais amado do Brasil marcou o segundo dele no jogo. Mengo 5×2.

Aos 17 minutos, Gabriel Batista compensou a falha no segundo gol e salvou a meta do Flamengo, fazendo uma DEFESAÇA e impedindo o terceiro gol do Bahia. Na jogada seguinte, em um contra-ataque fulminante, o Mengão quase marcou o sexto. Pedro Rocha saiu na cara do gol, tocou para Pedro que, de cavadinha, por cobertura, quase ampliou a vantagem, mas, com um milagre, Nino Paraíba tirou em cima da linha e impediu o sexto gol.

Aos 21, Domènec Torrent fez uma substituição dupla no Flamengo. O catalão tirou Thiago Maia e colocou Diego Ribas, e trocou Pedro Rocha por Michael. Pouco depois, Michael teve a sua primeira chance, mas não calibrou o pé e chutou para fora.

Mesmo com o domínio do Mais Querido no confronto, o Bahia não abaixou a cabeça e continuou buscando uma forma de parar os ‘Coringas’ do Flamengo. Apesar do placar de 5×2 e um jogo bem jogado, o primeiro cartão amarelo do jogo saiu apenas aos 31 minutos. Juninho Capixaba pegou o camisa 10 da Gávea, Diego Ribas, e foi punido.

Aos 36, Dome aproveitou para girar o elenco e fazer mais três substituições. Torrent deu moral para a base e chamou dois Garotos do Ninho: Thuler substituiu Isla, Lincoln entrou no lugar de Pedro e Arrascaeta, autor de dois gols, saiu para a entrada de Vitinho.

O segundo cartão amarelo da partida saiu aos 40 do segundo tempo, para Thuler, que assumiu a lateral-direita com a saída de Isla. Nos últimos minutos da segunda etapa, o Bahia ensaiou uma reação e tentou pressionar o Fla, na tentativa de diminuir a vantagem rubro-negra no marcador. A pressão deu certo e, aos 44 minutos, Daniel balançou as redes de Gabriel Batista. Pouco depois, o Mengo se atrapalhou inteiro e quase deu um gol de presente para o adversário.

Thuler, improvisado na lateral-direita, recuou para Gabriel Batista, que ficou em uma situação complicadíssima e, por pouco, o Bahia não fez o quarto. Nos instantes finais, o Flamengo manteve a posse de bola e administrou a vantagem. Fim de jogo no estádio do Pituaçu: Flamengo 5×3 Bahia.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • 5×3 não é goleada! SRN7

  • Finalmente, o Mengão estreiou no Brasileirão. Com os jogos que o Flamengo tem, não dá para aceitar o o futebolzinho das rodadas anteriores. Há muita coisa que corrigir na defesa, mas parece que os jogadores voltaram a jogar para vencer e convencer com um bom futebol!

  • Cadê a Coluna Anti-Flamengo? Chora pow, aprendam com o Dome, Fica triste não em 22:29

    Colunistas Anti-Flamengo chorando rios, Aprendam com o DOme,!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!