Autor de dois gols contra o Fla, Sasha vivia jejum de cinco jogos

FOTO: DIVULGAÇÃO/TEITTER ATLÉTICO-MG

Neste domingo (08), o Flamengo sofreu mais uma goleada e perdeu de 4 a 0 para o Atlético-MG, em partida que valia a liderança do Campeonato Brasileiro. Eduardo Sasha, autor de dois tentos, vivia um jejum de cinco jogos sem colocar a bola na rede. A última partida em que o jogador havia feito um gol foi contra o Fortaleza, no dia 10 de julho, quando o Atlético perdeu por 2 a 1.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


No esquema de Sampaoli, Sasha não faz o papel tradicional de um centroavante. Mais do que simplesmente um finalizador, o atacante atua como preparador de jogadas para os companheiros. No Brasileirão, o jogador tem apenas quatro gols em 15 partidas disputadas.

No momento, o Flamengo estacionou na tabela do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos. O Atlético-MG ultrapassou o Mais Querido e assumiu a vice-liderança. Contudo, o Rubro-Negro ainda precisa ficar de olho no confronto entre Fluminense e Grêmio, que acontece neste domingo (08), no Maracanã. Caso o time comandado por Odair Hellmann vença, o Fla pode cair para a quarta colocação.

Após mais uma derrota, o Flamengo precisa virar a chave e focar no próximo confronto, pelas quartas de final da Copa do Brasil, contra o São Paulo. O primeiro jogo acontece no Maracanã, nesta quarta-feira (11). A decisão, no entanto, será decidida no Morumbi.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O cara não fazia gol a cinco jogos, com esse entregador de camisa que se diz técnico o Sasha fez dois. O único que poderia dar uma dura nesse indivíduo, está mais preocupado em se eleger vereador do que com o time. O time está igual a bêbado e carro descendo ladeira abaixo. Vai perder tudo enquanto esse drone sem bateria estiver no comando do time. Outro dia estava vendo alguns lances do Yuri Cesar. Como deixaram esse rapaz ser emprestado para ficar com esse Lincon múmia paralítica ficar no flamengo. Coisa de doido.