Ex-jogador aponta favoritismo do Flamengo contra o Racing, mas pondera: “Não subestime equipes argentinas”

FOTO: CONMEBOL

Na Argentina, o Flamengo empatou com o Racing por 1 a 1, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. Com esse resultado, o Rubro-Negro decide a classificação jogando no Maracanã, e possui a vantagem do empate sem gols devido ao critério de gol qualificado. Durante o Fim de Papo, do UOL, o ex-jogador Ricardo Rocha reconheceu o bom resultado, apontou o favoritismo do Flamengo, no entanto, ressaltou a história das equipes argentinas na competição.

– O Flamengo para mim tecnicamente é melhor, tem a melhor equipe, a gente já falou muito sobre a defesa, tem que melhorar defensivamente, mas tecnicamente é muito melhor. Agora, não subestime equipes argentinas, eles gostam de Libertadores, mesmo nas dificuldades eles conseguem tirar, é um jogo difícil, não é mole não, eles vão jogar por uma ou duas bolas, em velocidade de contra-ataque, hoje saíram mais para jogar e você via que eles têm qualidade, eles têm bons jogadores, não é uma equipe que não saiba jogar, eles sabem jogar sim futebol – e completou:


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


– É como eu falei, o Flamengo é o campeão da Libertadores e tem que se impor, agora vai ter que correr e vai ter que se preocupar muito defensivamente também, porque os jogadores argentinos sabem onde buscar os buracos e eles treinam para isso, eu joguei na Argentina e eles falavam ‘Ricardo, vocês deixam muitas brechas nas laterais do campo e a gente aproveita muito isso’, os treinadores falavam para mim.

Flamengo e Racing se enfrentam na terça (01), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília). Caso se classifique às quartas de final, o Rubro-Negro sofrerá uma mudança no calendário. Isso porque, com a morte de Diego Armando Maradona na última quarta (25), o confronto do possível adversário do clube carioca foi adiado. Internacional e Boca Junior disputam a classificação somente na próxima quarta (02) e no dia 09 de dezembro.

Para o confronto contra o Racing, Rogério Ceni tem a missão de acertar o sistema defensivo rubro-negro, entretanto, terá um quebra-cabeça para montar. Com a expulsão de Thuler e Natan no primeiro jogo e a incerteza da presença de Rodrigo Caio, o treinador só terá quatro zagueiros disponíveis: Gustavo Henrique e Léo Pereira, além dos jovens Gabriel Noga e Otávio. Por outro lado, Pedro e Isla serão reavaliados, pois o atacante está em fase final de recuperação, enquanto o lateral direito sentiu dores na coxa durante o aquecimento da última partida. Thiago Maia, por sua vez, é desfalque confirmado e só retorna aos gramados em 2021.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Quer encontrar uma mulher para uma noite? Bem – vindo ao — S︆︆e︆︆xc︆︆o︆︆n︆︆t︆︆.︆︆C︆︆o︆︆m

  • FAZEMOS DESBLOQUEIO DOS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBEM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA
    SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO
    WHATSAP 11967425209