Pilar defensivo: com Rodrigo Caio, Flamengo tem mais de 75% de aproveitamento nos jogos

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

A temporada de 2019 consolidou Rodrigo Caio como um dos principais jogadores do Flamengo. O zagueiro se tornou a peça chave no sistema defensivo rubro-negro, e sua ausência vem causando problemas no setor. O camisa 3 é desfalque há mais de dois meses e, neste período, o Fla vive um momento conturbado por conta de uma defesa instável. Com o jogador em campo, o Rubro-Negro possui mais de 75% de aproveitamento nas partidas.

Em 2020, Rodrigo Caio entrou em campo com o Manto Sagrado em 20 oportunidades: 13 vitórias, quatro empates e apenas três derrotas. Vale destacar que na partida derrota para o Atlético Goianiense por 3 a 0, o camisa 3 atuou como lateral direito. Com isso, o Flamengo possui um aproveitamento de 75,4% nos jogos em que Rodrigo Caio atuou na sua posição de ofício, como zagueiro. Sem o jogador em campo, o aproveitamento do Rubro-Negro reduz para 67,6%: 34 jogos (21 vitórias, seis empates e sete derrotas).

Rodrigo Caio e Léo Pereira formam a zaga que mais foi utilizada nesta temporada. Ao todo, a dupla entrou em campo 13 vezes. Na combinação ao lado de Gustavo Henrique, o camisa 3 disputou seis partidas e acumulam uma invencibilidade: cinco vitórias e um empate. Das 19 oportunidades que Rodrigo Caio vestiu o Manto Sagrado como zagueiro, o Flamengo não foi vazado em sete partidas, sendo cinco confrontos ao lado de Léo Pereira.


Saiba como lucrar com previsões esportivas!


NUMÉROS DE RODRIGO CAIO NA TEMPORADA:
20 jogos (1 como lateral)
13 vitórias
4 empates
3 derrotas
33 gols marcados
22 gols sofridos

Visando voltar aos gramados com o Manto Sagrado, Rodrigo Caio começou a realizar o treinamento com o restante do elenco neste sábado (28) no CT Ninho do Urubu, no entanto, ainda é dúvida para o duelo decisivo contra o Racing, marcado para a próxima terça (01), pela Libertadores. O zagueiro não entra em campo pelo Flamengo desde 22 de setembro, na partida contra o Barcelona de Guayaquil. De lá para cá, são 19 jogos como desfalques.

Há mais de dois meses sem atuar pelo Flamengo, Rodrigo Caio ainda não trabalhou com Rogério Ceni, recém-chegado ao comando rubro-negro. O técnico já disputou cinco partidas e utilizou apenas duas duplas de zagas diferentes. Gustavo Henrique e Léo Pereira foram acionados em dois jogos como titulares e nas outras três oportunidades a zaga foi formada por Thuler e Léo Pereira. Dos zagueiros inscritos na Libertadores, por enquanto, Ceni só poderá contar com Gustavo Henrique e Léo Pereira, além dos jovens Gabriel Noga e Otávio.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Quer encontrar uma mulher para uma noite? Bem – vindo ao — S︆︆e︆︆xc︆︆o︆︆n︆︆t︆︆.︆︆C︆︆o︆︆m

  • FAZEMOS DESBLOQUEIO DOS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBEM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA
    SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO
    WHATSAP 11967425209