Conselho de Administração do Flamengo aprova orçamento para 2021

Nesta terça-feira (15), o Conselho de Administração o Flamengo aprovou, com maioria dos votos, o orçamento para 2021. Otimista, o Rubro-Negro prevê uma receita bruta de R$ 953 milhões, valor superior ao de 2020 que, antes da pandemia, projetava uma arrecadação de R$ 726 milhões. Vale lembrar que, após a crise causada pelo novo coronavírus, o Mais Querido reajustou a receita deste ano para R$ 677 milhões.

Com previsões positivas para o próximo ano, a proposta orçamentária do Flamengo já prevê a compra de Pedro, além de montante que ultrapassa os R$ 160 milhões com venda de jogadores, valor maior do que o dobro estimado para 2020, na casa de R$ 80 milhões. No documento, o Mengão também projeta chegada à semifinal da Copa Libertadores da América e os valores decorrentes da campanha no torneio.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Atual campeão da América, o Flamengo deu adeus precoce à Copa Libertadores nesta temporada, e uma das previsões para o orçamento do próximo ano, já falhou: isso porque, do montante projetado pelo clube para 2021, R$ 98 milhões são relativos a 2020, e os R$ 18 milhões previstos com a chegada à semifinal do torneio continental estão fora de questão.

Eliminado da Libertadores e também da Copa do Brasil, que ainda vai impactar o orçamento de 2020, o Flamengo precisa se concentrar no Campeonato Brasileiro. Em busca da manutenção do título e garantia da hegemonia do futebol no país, o Rubro-Negro se prepara para voltar aos gramados no próximo domingo (20). Em partida válida pela 26ª rodada, o Mengão vai enfrentar o Bahia às 18h15 (horário de Brasília), no Maracanã.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *