Por conta da pandemia, filho de Zico anuncia cancelamento do Jogo das Estrelas 2020

Por: Tulio Rodrigues

FOTO: DIVULGAÇÃO/JOGO DAS ESTRELAS

O maior e mais tradicional evento esportivo beneficente do Brasil, o Jogo das Estrelas, promovido por Zico, não irá ocorrer em 2020. Foi o que informou o empresário e organizador do evento, Junior Coimbra, também filho do craque. O motivo é pandemia do Coronavírus que assola o mundo inteiro com infectados e vítimas fatais.

É com muita tristeza que venho aqui hoje dizer pra vocês que, esse ano, infelizmente não teremos o nosso tão querido Jogo das Estrelas, que já virou uma tradição do fim de ano do futebol brasileiro —, disse Junior em seu perfil no Twitter.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Segundo Junior, vários cenários foram considerados e discutidos para que o evento não deixasse de ocorrer. Jogos sem público, voltar com o jogo para o CFZ, mas as opções foram descartadas já que a maioria dos jogadores têm mais de 50 anos, e portanto, grupo de risco. Em contato com a reportagem do Coluna do Fla, o nosso eterno Galinho de Quintino também falou sobre a decisão e revelou que haverá um evento online para ajudar as entidades.

Fizemos varias reuniões e acho que tomamos a melhor decisão, pois o momento não é adequado e ainda mais pela idade de quem participa. Estamos preparando um belo evento online, onde as pessoas poderão ajudar as entidades como se estivessem indo ao Maraca.

Iniciado em 2004 com a alcunha de “Pelada” e “Amigos de Zico”, no CFZ (Centro de Futebol Zico), o Jogo das Estrelas só ganhou nome e forma a partir de 2005, quando até Maradona prestigiou a ação que arrecadou arrecadar três toneladas e meia de alimentos. Em 2007, os jogos passaram a ser no Maracanã e a partir dali acabou entrando no calendário do futebol brasileiro. Jamais o evento deixou de ser realizado, mesmo sem poder utilizar estádios no Rio. Em 2011 e 2012 o palco foi o Morumbi, em São Paulo. Em 2013, após as obras para a Copa do Mundo no Brasil, voltou ao Maracanã. Em todos anos, várias instituições foram beneficiadas.

CONFIRA O COMUNICADO DE JUNIOR COIMBRA:

É com muita tristeza que venho aqui hoje dizer pra vocês que, esse ano, infelizmente não teremos o nosso tão querido Jogo das Estrelas, que já virou uma tradição do fim de ano do futebol brasileiro.

Foi uma decisão difícil, mas com certeza a mais acertada e correta nesse momento que vivemos. Nos últimos meses discutimos vários cenários, todos com um jogo sem público, seja no Maracanã ou até mesmo no CFZ, que foi onde começou o evento.

Mas, com tudo que vem acontecendo, com o crescimento de casos de COVID e com tantas mortes de pessoas queridas, não havia nenhuma possibilidade de colocarmos em risco todos os jogadores e as pessoas que trabalham no evento.

Mesmo assim, nesse cenário, a grande verdade é que a maioria esmagadora dos jogadores que estariam disponíveis pra participar do evento teria mais de 50 anos de idade, portanto em um grupo de risco bastante alto.

Demorei um pouco pra anunciar isso pra vocês, pois muitas outras coisas vem acontecendo nesses úlitmos dias. Mas temos a consciência tranquila de que tomamos a decisão correta e apropriada pra esse momento terrível que estamos passando.

São 16 anos ininterruptos (até mesmo quando não tínhamos estádio no Rio pra jogar), então é uma tristeza muito muito grande, principalmente em mim e no meu pai, não poder realizar esse evento tão bonito e que ajuda tanta gente.

Dito isso, estamos trabalhando com a TV e com o nosso patrocinador em um possível evento virtual, no início de janeiro, que pretendemos fazer, com a participação de muitas estrelas que fizeram história nesses 17 anos. Espero em breve poder contar pra vocês isso melhor.

Com isso vamos manter o nosso evento vivo em todos vocês, e podemos continuar ajudando a diversas instituições através de doações, que é o grande propósito do JDE, sempre!

Nossa solidariedade a todos que perderam parentes e amigos nesse ano tão difícil, com a esperança de que dias melhores virão e com certeza vamos superar isso e voltarmos com força total ano que vem. Nosso muito obrigado a todos pela compreensão e pelo carinho“.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *