Flamengo perde novamente no Maracanã, decepciona torcida e fica mais longe do título

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Flamengo e Ceará entraram em campo na tarde deste domingo (10), em partida válida pela 29ª rodada do Brasileirão. O jogo foi disputado no Maracanã, às 16h (horário de Brasília), e o Mengo, que tinha o mando de campo, visava uma vitória para tentar se aproximar da liderança do Brasileirão.

O Flamengo de Rogério Ceni entrou em campo com: Cesar, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Arão, Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Pedro.

O JOGO:

A primeira etapa foi marcada por um Flamengo lento, sem intensidade e deixando a desejar nas condições de jogo. O confronto escancarou uma péssima atuação no tempo inicial, e um Mais Querido sem criatividade, que viu o Ceará jogar, apesar da grande posse de bola.

Com 70% de posse de bola no primeiro tempo, o Flamengo teve nove finalizações, 335 passes, send0 302 passes certos e uma grande oportunidade de gol. No entanto, aos 12 minutos, viu  o Ceará abrir o marcador e administrar o resultado até o final da primeira etapa.

Na segunda etapa, o Flamengo voltou a campo com uma alteração: Rogério Ceni tirou Gustavo Henrique para a entrada de Diego e, com a substituição, Willian Arão assumiu a zaga do Mais Querido.

Mais ligado no jogo, pressionando bastante o adversário e buscando a virada no embate. Com as chances mais claras na etapa complementar, o Rubro-Negro buscava o primeiro gol, mas não era efetivo no ataque.

Em busca de um resultado positivo, aos 24 minutos Rogério Ceni fez uma alteração, e tirou Everton Ribeiro para a entrada de Gabigol. Com jogo dramático para as pretensões do Flamengo na temporada, o Mengo começou a criar mais perigo e ser mais incisivo, porém, não correspondia às necessidades e deixava a desejar.

Aos 31, mais uma alteração no Mais Querido, que buscava a vitória: saiu Isla para a entrada de Vitinho, que não conseguiu ser decisivo. Visando a virada no marcador, aos 41, substituição dupla no Rubro-Negro: saíram Pedro e Filipe Luís para as entradas de Rodrigo Muniz e Renê.

Sem demonstrar nenhum poder de reação, o Flamengo foi surpreendido pelo Ceará que, aos 44 do segundo tempo, marcou o segundo gol. Kelvyn balançou as redes de Cesar e, após ganhar todas as divididas do jogo, voltou a marcar contra o Flamengo, que ficou na saudade. Sem mais surpresas no Maracanã, Ceará 2×0 Flamengo, que ficou mais longe da busca pelo troféu nacional.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *