Bateu saudade? Título da Supercopa, sob comando de Jorge Jesus, completa um ano

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Há um ano, neste mesmo dia 16 de fevereiro, o Flamengo conquistava a terceira taça na ‘era Jesus’ e se consagrava campeão da Supercopa do Brasil em cima do Athletico. A expectativa era de um duelo disputado para ambos os lados, uma vez que o clube paranaense foi o ‘calcanhar de Aquiles’ do Mais Querido em 2019. No entanto, o Rubro-Negro carioca não teve dificuldades e aplicou três gols no rival, marcados pelo trio avassalador: Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


O Flamengo começou o ano de 2020 com o pé direito. Já na disputa pelo primeiro troféu da temporada, o Rubro-Negro carioca consquistou a inédita Supercopa do Brasil. Na história da competição nacional, o Mais Querido foi o terceiro brasileiro a conquistar o campeonato. Antes, Grêmio, em 1990, e Corinthians em 1991, haviam colocado a taça na prateleira.

A partida foi disputada em Brasília, em pleno verão brasileiro. Contudo, nem mesmo o forte calor conseguiu atrapalhar a intensidade do Flamengo em campo. O Mais Querido dominou o jogo desde os primeiros minutos e não deixou a equipe adversária respirar, com marcação alta e posse de bola, características do time comandado por Jorge Jesus naquela época.

Os autores dos gols do Flamengo foram justamente os protagonistas das conquistas do clube em 2019. Bruno Henrique, de cabeça, e Gabigol, aproveitando grande vacilo de Márcio Azevedo, balançaram a rede na primeira etapa. Já no segundo tempo, o Mais Querido cadenciou mais a bola e conseguiu fazer o terceiro com tranquilidade, aos 23 minutos, com Arrascaeta.

Com mais uma taça na conta, Jorge Jesus conseguiu feitos inéditos em apenas oito meses de trabalho no Flamengo, deixando a equipe em ‘outro patamar’. O treinador é considerado um dos grandes ídolos do clube da Gávea. Além da Supercopa, o técnico conseguiu conquistar a Libertadores, Campeonato Brasileiro, Carioca e Recopa Sul-Americana com o Mais Querido. Atualmente, o português comanda o Benfica, de Portugal.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *