Bruno Henrique é absolvido pelo STJD e não desfalcará Flamengo em reta final do Brasileirão

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Nesta quarta-feira (10), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou Bruno Henrique, de maneira virtual, pelo lance ocorrido na partida contra o Goiás, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, usou as redes sociais para informar que o camisa 27 foi absolvido em primeira instância, de forma unânime.

“Sai agora do julgamento e mando em primeira mão. Bruno Henrique absolvido em primeira instância. Decisão unânime. Assim como Isla se lesionou no rosto domingo, em acidente de trabalho, o mesmo se deu com o jogador do Goiás. Estranho e lamento a conduta do Goiás”, dizia a publicação.

CONFIRA:

Com a absolvição de Bruno Henrique, o atacante não desfalcará o Flamengo na reta final do Brasileirão. Além do confronto diante do Corinthians, no domingo (14), a partir das 16h (horário de Brasília), o Mais Querido ainda enfrentará o Internacional, dia 21 e, por fim, o São Paulo, na 38ª e última rodada da competição. Para os três compromissos, o camisa 27 estará à disposição de Rogério Ceni.

Além de Bruno Henrique, Gabigol e Gustavo Henrique também foi indiciados e julgados pelo STJD nesta reta final de torneio. Apesar disso, tanto o camisa 9 quanto o zagueiro, titulares no time de Ceni, não foram punidos e, dessa forma, seguem ‘livres’ para continuarem ajudando o Flamengo na luta pelo octacampeonato.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *