“Está mais consistente e confiável”: comentarista relembra goleadas sofridas com Dome e vê Fla ‘mais confiável’

MONTAGEM: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Até a chegada de Rogério Ceni ainda em novembro de 2020, o Flamengo tinha uma das defesas mais vazadas no Brasileirão. Os problemas defensivos e as goleadas sofridas foram o estopim para a demissão de Domènec Torrent, que não gozava da confiança dos torcedores. Mesmo eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores, o atual treinador fez o time voltar a fazer bons jogos e alcançar bons resultados no Brasileirão. Para o apresentador André Rizek, o Mais Querido era vulnerável e evoluiu com a troca de treinadores.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


— Acho que dá para concordar que o Flamengo pode não ter virado a última maravilha do mundo, mas melhorou com a troca de técnico. Era um time muito vulnerável com o Domenèc Torrent, evidenciado pelas goleadas que o time sofria, e com o Rogério Ceni o time está mais consistente e confiável.

Com Dome foram 29 gols sofridos em 20 jogos. O técnico pecava também pela dupla de zaga. Foram trocas constantes em que Léo Pereira, Gustavo Henrique e Natan viviam numa espécie de rodízio para achar o parceiro ideal de Rodrigo Caio. Já com Rogério Ceni, o Fla foi vazado 16 vezes em 16 jogos. Além disso, conseguiu definir a zaga, que passou a contar com o volante Arão, improvisado, e recuperou Gustavo Henrique, primeira opção no banco de reservas.

CONFIRA NÚMEROS DE DOMENEC X CENI NO BRASILEIRÃO:

Jogos: 20 | 16
Vitórias: 10 | 10
Empates: 5 | 3
Derrotas: 5 | 3
Gols pró: 33 | 32
Gols contra: 29 |16
Aproveitamento: 58,33 | 68,75%

Com Rogério Ceni, o Flamengo volta a campo neste domingo (21), às 16h Horário de Brasília), no Maracanã, para enfrentar o Internacional pela 37ª rodada. Para o duelo, o Coluna do Fla traz, como de costume, a transmissão mais rubro-negra da internet, via Youtube. Rafa Penido comanda a narração, acompanhado do comentarista Tulio Rodrigues e do repórter João Pedro Granette.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *