Vice do Flamengo rebate dirigente do Vasco sobre contrato do Carioca: “Fico com pena”

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

Nesta semana, a Record adquiriu os direitos de transmissão do Campeonato Carioca pela próximas duas temporadas. Por cerca de R$ 11 milhões por 2021 e R$ 15 milhões por 2022, a emissora fechou a exibição na TV Aberta. Cabe ressaltar que o imbróglio pelos direitos se alonga desde 2020 e, por isso, o vice-presidente geral do Vasco, Carlos Roberto Osório, rasgou críticas ao Flamengo. O dirigente do Rubro-Negro, Rodrigo Dunshee, por sua vez, rebateu as declarações do rival.

Em entrevista na Super Rádio Tupi, o dirigente do Cruzmaltino apontou o Flamengo como principal responsável para a Rede Globo ter rescindido o contrato de transmissão do Campeonato Carioca. Após isso, Rodrigo Dunshhee foi procurado pela rádio e, em tom crítico, discordou de Carlos Roberto Osório e criticou a postura do novo vice-presidente do Vasco.

– Tomei conhecimento das declarações do Carlos Roberto Osório, dizendo que o Flamengo implodiu o contrato com o Campeonato Carioca. Acho que foi de uma descortesia enorme. Um rapaz que está chegando agora no Vasco, em uma eleição conturbada, que ainda está sub judice. Veio falar de fatos pretéritos à gestão que ele acabou de entrar, fatos que ele não tem conhecimento pleno. Então, é aquela história do Romário: acabou de chegar e quer pilotar o ônibus, sentar na janela. Não é assim que funciona – antes de completar:


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


– Na verdade, o Flamengo não implodiu contrato, pois não tinha. Talvez ele não saiba, né? Como o Flamengo vai implodir um contrato que não tem? A Globo tinha um contrato considerado bom para os outros clubes, mas não tinha o Flamengo. O que levou a Globo a rescindir o contrato por não fazer sentido pagar o que pagava sem ter o Flamengo. Isso é publico e notório. Por isso a Globo rescindiu – finalizou o VP Geral e Jurídico do Flamengo.

Vale destacar que na declaração de Carlos Roberto Osário, o dirigente cruzmaltino não cita nominalmente o Flamengo, apenas utiliza a palavra ‘rival’ para simbolizar o Rubro-Negro. Desta forma, Rodrigo Dunshee lamentou a situação visto que o tom de rivalidade não é considerado produtivo na Gávea. Sem contar que na pose do novo presidente do Vasco, Jorge Salgado, a boa relação com os demais clubes do Rio foi tratada como prioridade.

– Fico com pena, pois fui criado com esse rapaz (Osório) por muitos anos, estudamos no mesmo colégio. Ele chega para ofender o nosso clube chamando de “rival”. Na verdade, o Flamengo não está rivalizando com o Vasco há muito tempo. Achei que ele chegaria para melhorar com um discurso de mais união entre os clubes, mas estou vendo que é mais do mesmo, estilo Eurico. O Flamengo está sempre aberto ao diálogo. Espero que ele tenha mais educação das próximas vezes e se informe melhor.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Daqui do Acre sinto o Botafogo, da sarjeta da segundona, dizendo assim;
    -Vem, Vasco ! Vem… vem…

  • Humilhou o coitado com muita classe. kkkkkk