Record TV planeja transmissão de clássicos cariocas para disputar audiência com ‘eliminação do BBB 21’

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Na noite da última terça-feira (02), o Flamengo venceu o Nova Iguaçu por 1 a 0, em partida válida pela primeira rodada da Taça Guanabara. O jogo marcou a estreia de muitos jovens das categorias de base do Rubro-Negro, uma vez que o time principal está de férias até o dia 15 de março. Detentora dos direitos de transmissão para a TV aberta, a Record se planeja para exibir clássicos cariocas em dia de eliminação no ‘BBB 21’, reality show de maior audiência da Rede Globo.

De acordo com informações divulgadas pelo Uol Esporte, a emissora pediu que os clássicos entre Botafogo x Flamengo e Fluminense x Vasco fossem marcados para os dias 23 e 30 de março, respectivamente. O objetivo é, justamente, manter o horário de 21h35 forte para fazer frente à novela exibida pela Globo e, na sequência, o BBB. A ideia é criar uma expectativa no público, principalmente no Rio de Janeiro, em relação às partidas.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Cabe ressaltar que a partida entre Flamengo x Nova Iguaçu, que marcou a estreia do Campeonato Carioca de 2021, dobrou a audiência da Record na última terça-feira (02). A emissora só ficou atrás, de fato, da TV Globo. Nos números, mesmo que não tenha alcançado a liderança em nenhum momento, viu seu ‘público’ crescer consideravelmente, chegando a picos de 16,0 pontos no grande Rio de Janeiro, segundo dados do  “Kantar”, Ibope.

Por enquanto, com Ceni e os atletas do time profissional em recesso, os Garotos do Ninho seguirão entrando em campo para representar o Flamengo. O próximo compromisso dos ‘crias’ será neste sábado (06), a partir das 18h (horário de Brasília), quando o Rubro-Negro enfrenta o Macaé, pela segunda rodada da Taça Guanabara. Na ocasião, Maurício Souza comandará a equipe.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Lamentável constatar que
    a transmissão do campeonato
    carioca está sendo realizada
    pela emissora de um
    vigarista religioso, que se vale
    do sinal concedido pelo poder
    público para desenvolver
    a propaganda ideológica
    de um projeto de poder
    calçado no fundamentalismo
    religioso protofascista. Não
    assisto a Record, mesmo que
    fosse a única alternativa
    para acompanhar os jogos
    do Flamengo. A minha paixão
    pelo Flamengo não negocia
    exceções com os meus
    princípios democráticos.
    Ainda bem que há outras
    alternativas, como a Fla TV.