Assembleia Legislativa do Rio volta atrás e recomenda veto ao projeto de alteração de nome do Maracanã

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

No mês passado, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro aprovou um projeto que determinava a alteração no nome do MaracanãMario Filho – para Rei Pelé. No entanto, nesta terça-feira (06), André Ceciliano, presidente da Alerj, anunciou a desistência em dar continuidade da proposta.

A decisão de André Ceciliano, presidente da Alerj, acontece no dia limite para que ocorra o veto ou a sanção da proposta por parte do governador em exercício, Cláudio Castro. O deputado da Alerj se reuniu com líderes e decidiu recomendar a desistência.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Era uma discussão válida, mas foi extemporânea e reconheço isso. Em tempos de pandemia, a sociedade, com razão, espera que a gente mantenha o foco no que é realmente importante: salvar vidas e ajudar. Foi um desgaste desnecessário –, afirma Ceciliano.

Inicialmente, o Ceciliano alegou que a alteração apenas atendia ao apelo cultural em homenagear o rei Pelé ainda em vida. A ideia sofreu duras críticas e resistência por parte de especialistas, atletas, historiadores e deputados. Logo após a aprovação por parte da Alerj, o Ministério Público também recomendou o veto imediato ao projeto.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *