CBF terá prejuízo com Supercopa devido à ausência de público

FOTO: DIVULGAÇÃO/CBF

Neste domingo (11), Flamengo e Palmeiras têm um ‘encontro’ marcado pela grande decisão da Supercopa do Brasil. Devido à pandemia da Covid-19, o duelo acontecerá com portões fechados, ou seja, sem a presença de público. Por conta disso, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) terá prejuízo com a competição.

Isso porque, apesar da entidade ter assinado um contrato pontual com a Rede Globo para que a partida seja transmitida, a quantia paga em premiação para os dois finalistas supera o valor arrecadado pela CBF. As informações foram divulgadas inicialmente pelo jornalista Rodrigo Mattos, do Uol Esporte.

Cabe destacar que a Supercopa do Brasil marca a disputa entre os campeões do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil – Flamengo e Palmeiras, respectivamente. A ideia é definir qual dos clubes é o ‘supercampeão’ do país. Pensando em consolidar a competição, a CBF busca atrair as equipes credenciadas a participar do torneio com o valor da premiação.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Para o campeonato, decidido em jogo único, a Confederação estabeleceu uma premiação alta. Para o grande campeão, o valor é de R$ 5 milhões, já para o vice, R$ 2 milhões. Desse modo, a entidade gastará o total de R$ 7 milhões somente na quantia paga em prêmios.

Buscando o bicampeonato, o Flamengo entra em campo para encarar o Palmeiras a partir das 11h (horário de Brasília), no Estádio Mané Garrincha. A partida terá transmissão ao vivo da Rede Globo, no entanto, o Coluna do Fla comanda a narração mais pé-quente da internet, na voz de Rafa Penido, no YouTube.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *