Ceni elogia intensidade do Fla, mas pondera: “Difícil de analisar pela diferença de nível de competição”

FOTO: MARCELO CORTES/ FLAMENGO

Nesta segunda-feira (05), o Flamengo venceu o Madureira por 2 a 0, no estádio Raulino de Oliveira, pela oitava rodada da Taça Guanabara. Com a segunda vitória consecutiva, o Rubro-Negro reassumiu o topo da tabela do Estadual. Em entrevista após o jogo, Rogério Ceni exaltou a intensidade do time rubro-negro, mas frisou o baixo nível de competitividade do Carioca.

– Difícil de analisar pela diferença de nível de competição. Foi melhor do que o último jogo, mais intenso, com mais chances e mais gols. O que vejo é um aumento significativo da parte física. Foram 14 dias trabalhando que serviram para revigorar. Todos focados em busca da vitória. Time teve a melhor postura que poderíamos esperar.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O comandante rubro-negro ainda comentou sobre os ajustes a serem feitos no time e citou o gol sofrido em bola parada, apesar de ser menos frequente.

– Uma equipe sempre tem algo a melhorar, corrigir. Levamos gol de bola parada, o que não é comum. Apesar de termos enfrentado um time alto. Temos ajustes. A tendência é encorpar com o decorrer dos jogos. É um grupo que joga junto, com algumas mudanças.

Após a goleado sobre o Madureira, Ceni e seus comandados voltam suas atenções para a decisão da Supercopa do Brasil contra o Palmeiras. O jogo será realizado no próximo domingo (11), às 11h (horário de Brasília), no estádio Mané Garrincha, como apurou o Coluna do Fla.

VEJA OS GOLS DA VITÓRIA DO FLAMENGO: 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *