Diego coloca Cuéllar ao lado de craque francês em lista de adversários mais difíceis que já enfrentou

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Em entrevista exclusiva ao Esporte Espetacular neste domingo (04), Diego Ribas, o camisa 10 do Flamengo, recebeu craques das quatro linhas e torcedores apaixonados pelo Mengo para falar sobre algumas curiosidades e trazer à tona diversas lembranças da vitoriosa carreira. Logo de cara, foi questionado sobre quais marcadores teve mais dificuldade para enfrentar e a resposta veio com um velho nome conhecido: Gustavo Cuéllar.

Alguns me deram muito trabalho. Um deles, o Claude Makélélé, pois tinha que driblar umas três vezes para conseguir passar por ele. Outro foi o Gustavo Cuéllar, que marca muito bem. Ele exerce essa função de uma forma muito sólida, tem boa leitura de jogo e isso dificulta muito –, respondeu.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


Um outro – inevitável – questionamento foi sobre a ausência de público nos estádios. O cantor Xande de Pilares, rubro-negro apaixonado, contou sobre a saudade do torcedor em acompanhar o time de coração, mas quis saber a visão do jogador diretamente de dentro do campo.

A falta de público foi a coisa mais difícil nessa readaptação. Foi muito complicado nos primeiros jogos, mas continuamos com a expectativa de que tudo volte ao normal. O Maraca com aquele clima que só o flamenguista sabe e que a gente sente muita saudade.

Ainda sem público, o Rio de Janeiro poderá receber jogos novamente a partir do dia 09, próxima sexta-feira. Antes disso, porém, o Flamengo encara o Madureira, pela oitava rodada do Carioca, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. A partida está marcada para segunda-feira (05), às 21h (horário de Brasília).

Veja também