Rodolfo Landim dá versão sobre caso Rafinha: “Duplicar orçamento na mesma posição”

FOTO: GIULIANO COSENZA

Antes de acertar com o Grêmio, em março de 2021, Rafinha viveu uma novela por renovação com o Flamengo. O lateral nega veemente que o insucesso no acordo se deu por razões financeiras e se considera vítima de guerra política no clube. Mais de um mês depois, o presidente Rodolfo Landim deu suas versão sobre a história e explicou, em entrevista exclusiva ao GE, toda questão orçamentária envolvida no desejo de repatriá-lo.

Primeiro, deixar bem claro que o Rafinha é um jogador que a gente a adoraria que ele tivesse permanecido dentro do Flamengo. Quando o Rafinha saiu do Flamengo, e a gente entendeu, ele foi 100% claro dentro daquilo que tinha sido negociado conosco. E eu acho que as pessoas têm que procurar ser. Acima de tudo ele foi procurar a felicidade dele. Ele foi ele foi super correto. Nós vamos ficar eternamente ternamente gratos por tudo o que ele contribuiu para o Flamengo. Mas nós tivemos que ir ao mercado buscar um jogador para o lugar dele. E contratamos o Maurício, que é um grande jogador com participação na seleção chilena, já tem mais de 100 jogos pela seleção chilena, um jogador de altíssima qualidade, para o lugar dele.

Dentro do planejamento orçamentário do Flamengo, se você for ver os valores envolvidos para trazer o Maurício não são muito diferentes do Rafinha. A gente fez uma substituição. O primeiro ponto é: trazer o Rafinha de volta envolvia em duplicar quase um orçamento para uma mesma posição.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Tem naquela posição um jogador nosso que estava emprestado para o Internacional durante um tempo. Está vencendo e que vai estar retornando para nós também. Então, nós vamos contratar mais um jogador e vamos ter um terceiro jogador de qualidade que tinha ido para o Inter no momento em que dentro do planejamento cabia. Tudo isso faz parte da visão que a gente não pode pensar só no momento, a gente tem que pensar no todo e no planejamento -, contou.

Trata-se de Rodinei, lateral emprestado ao Internacional – e, aliás, um dos principais nomes do plantel gaúcho. O vínculo do defensor com o Colorado expira no dia 31 de maio e o retorno ao Mais Querido é dado como certo. É possível até que o atleta esteja disponível nas oitavas de final da Libertadores, em caso de uma provável classificação rubro-negra.

O Grêmio, por sua vez, encontra meios de se reerguer para o restante da temporada, visto que foi eliminado precocemente da Libertadores e, como consequência, perdeu Renato Gaúcho após mais de cinco anos no comando. Recentemente, o presidente do clube, Romildo Bolzan, revelou que foi contra a contratação de Rafinha – capitão do clube atualmente.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • É questão de consideração, vontade, esforço.. não de qualidade.. qualidade todos sabemos que Rafinha é superior, mais islã também é um excelente profissional jogador de seleção!! Rafinha foi Mais questão de desfeita feita por ele.. Ainda voltar pro frente com um salário menor, tá zuando né.. Os caras se acha demais, ego inflado e tentou usar a torcida para ter o objet concluído…. Ponto pro Flamengo..

  • Excelente presidente. Já pode encerrar este assunto de um ‘ex jogador’ do clube, ter a audácia de tentar jogar a torcida contra um diretor que esta defendendo os interesses do clube de forma super responsável. Isla é um ótimo profissional, esta somando positivamente com o grupo.
    Chega de mídia pra esse ex-jogador, temos assuntos muito mais importantes pra nos preocupar.

  • Pois é, só esqueceu de um detalhe: que entre rafinha e isla a diferença é muito grande, pois Rafinha fez muito mais no flamengo do que o isla. Rafinha é muito mais importante! Além do mais poderia muito bem emprestar o isla de graça… Agora, cá entre nós, presidente e marcos braz, o isla ganhar quase o mesmo que o rafinha iria ganhar… Um absurdo! Ou o Rafinha iria ganhar pouco – como ele mesmo falou -, ou o isla está ganhando muito. Enfim, na minha opinião, mais uma burrice dessa diretoria. Outras: Vinição, Vitor gabriel, Natan, Yuri César, Klebinho, Thuller… Detalhe: com exceção de Y César, todos poderiam ser vendidos, mas com valores, no mínimo, pelo dobro q foram vendidos. Ou sejam sairam antes do tempo! Desvalorizados! E esse negócio do clube comprador ser obrigado a adquirir o restante dos direitos por uma merreca!… Nota zero p nossos dirigentes! Por outro, não podemos ignorar o sucesso do time atualmente. Mas não podemos ser hipócrita p as cag…das q são feitas. Não podemos errar, bobear mais, pois outros clubes (invejosos?…) estão correndo, e muito, atrás da gente.