Ceni reconhece falhas defensivas, mas pondera: “Sofremos pouquíssimas finalizações”

FOTO: REPRODUÇÃO / CONMEBOL TV

O Flamengo empatou em 2 a 2 com o Unión La Calera, nesta terça-feira (11), pela Libertadores da América. O Rubro-Negro chegou a estar perdendo por dois a zero, com duas falhas defensivas, sendo uma delas na saída de bola, erro de Bruno Viana, e a outra de Willian Arão, fazendo um tento contra. Rogério Ceni falou sobre o assunto.

Em entrevista coletiva após o empate, Rogério Ceni não se esquivou dos questionamentos e reconheceu a necessidade de melhorar o sistema defensivo. Contudo, o treinador sinalizou para o fato de a equipe sofrer poucas finalizações durante as partidas.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Temos que melhorar e ganhar cada vez mais confiança. O erro individual faz parte do futebol coletivo. Não estou aqui para condenar, estou aqui para tentar corrigir e melhorar. Nosso time sofre pouquíssimas finalizações. Então, temos que evitar que os adversários criem méritos para marcar o gol -, disse o treinador.

O Flamengo agora se prepara para o duelo com o Fluminense, no sábado (15), pela primeira partida da final do Campeonato Carioca. O confronto será disputado no Maracanã, às 21h05 (horário de Brasília). Pela Libertadores, o Rubro-Negro volta a campo na quarta-feira (19), diante da LDU, também no Estádio Jornalista Mário Filho.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Nossa defesa foi excelente com os mesmos q hora estão no banco, L pereira e G Henrique. O que mudou foi o comandante. O B Viana do lado esquerdo joga mal. Ele é bem melhor jogando no lado direito obde está nosso melhor jogafor no momento. Arão. Ele tem que manter o Pedro no lugar do ER7, até p ele ver o jogo do banco e entrar arrebentando no segundo tempo. Qto ao BH pode dividir a posição c o vitinho e o Michael q devem entrar no seg tempo. Pedro e gabigol trocando p direita, e tabelando, deixam qq defesa adversaria maluca. E c diego ou gerson e arrascaeta entrando rapido pelo meio certa iremos fazer muitos gols. Ontem ninguém do ataque jogou bem, normal, c exceção do gabi. Eu acho q só está faltando mais entrosamento na frente entre esses. P isso Pedro tem que entrar, treinar e jogar. Fará excelentes jogadas c gabi pois são inteligentes. Basta se conhecerem mais. Ali no meio do ataque não temos opções p substituir arrasca e gerson. Porque o intelectual dispensou deixiu sair yuri cesar e Pepê; ontem ele fez muita falta… O max e o lázaro já estão praticamente queimados p ele. Até o João está muito precipitado por conta talvez das más orientações q recebe. Ele é bom mas seu futebol merece outros tipos de correções. Qto o técnico é inteligente é acreditado e mais ouvido. Daí o jogador evolui. João Gomes está se perdendo. Prendendo muito a bola. O hugo moura está mais afeito ao esquema do q ele, pois toca a mola c mais objetividade. Porém J Gomes é mais habilidoso. E deve entrar c mais precisão p não fazer faltas parecendo (meio) violentas.

  • O grande problema ser resolvido urgentemente desse Flamengo, é o nosso setor defensivo. Um time que quer ser campeão da Libertadores não pode comemorar um EMPATE com o Unióm La Calera. Eu concordo com o comentário do SARCASMO. Ressaltando que a primeira oportunidade do jogo foi do Unióm e o goleiro defendeu brilhantemente.

  • Não entendi pq venderam o Nathan e trouxeram outro zagueiro ruim se tem boms em casa.

  • Que falta fazem Yuri César e Pepê nessa hora hein Rogério ceni? M Braz e landim?… Falar nisso cadê o lázaro, “professor”? Já queimou nossa joia de 20, 30 milhões de euros? É, por isso q eu digo, p trabalhar com jovens o treinador tem q gostar tem que ter amor carinho e acima de tudo muita inteligência. E não pode SER MAIS UM FRUSTRADO DO FUTEBOL por não ter conseguido ser jogador, ouFRUSTRADO sido, mas não do jeito q queria; “so tendo feito gols de falta”, por exemplo. Porque aí, coitados, os meninos mais promissoras é que acabam sofrendo nas mãos dele… É de fato o campo atrapalhou muito o estilo de jogo do flamengo e de alguns jogadores, por estarem mais acostumados c o jogo mais cadenciado mais pensado… E aquela correria deles realmente tirou a tranquilidade do time ainda mais depois das duas ou três falhas do BV que perdeu a noção do tempo e da bola naquele lance do gol. De qq forma é um excelente e habilidoso zagueirao, até me faz as vezes lembrar do luis pereira q também jogou magnificamente no flamengo. Agora, qto as substituições de RC!?… PQP!, de novo perdido… Por que que ela nunca tira o ER7 qdo está mal? E o BH ontem?! Onde estava o Vitinho? Por que demorou tanto p tirar o isla e botar o “titular” matheuzinho? Por que ele é garoto e estava na base? Será q ele não tem noção do desserviço q ele faz a todos, flamengo torcedor e o próprio jogador insistindo em manter o ER7 em campo mesmo mal, atrasando as jogadas? Para terminar, O MELHOR EM CAMPO: WILLIAN ARÃO. QUANTA PERSONALIDADE! Entre todos o que demonstra mais objetividade e sobriedade em pensar q angum tempo atrás tinha muito torcedor papagaio da mi dia qevivia criticando e perseguindo ele. Arão Seleção, parabéns! Detalhe: nessa o “Ceni”, se é q foi ele…, acertou.

  • O problema é que as poucas chances dos adversários viram gol com facilidade.