Em meio à vitória do Fla na Libertadores, Diego lamenta morte do ator Paulo Gustavo

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A noite da última terça-feira (04), marcou não só a feliz vitória do Flamengo por 3 a 2 contra LDU, pela Libertadores da América, como também a triste morte do ator Paulo Gustavo. Internado há mais de um mês em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, o humorista não resistiu. Capitão do Mais Querido, Diego Ribas lamentou o falecimento precoce do artista através de suas redes sociais.

“Por um lado, muito feliz por essa vitória tão importante em um ambiente tão difícil que é essa altitude e também pelo melhor início da história do clube na Libertadores. Por outro lado, muito triste com a morte de um profissional e ser humano tão especial como o Paulo Gustavo. Descanse em paz, meu amigo e que Deus conforte o coração dos seus amigos e familiares. Meus pêsames também a todos que tem sofrido e perdido pessoas queridas com essa pandemia”, dizia a postagem.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

O ator e humorista Paulo Gustavo, criador da personagem Dona Hermínia, do filme ‘ Minha Mãe é Uma Peça’, morreu às 21:12h da última terça-feira (4), aos 42 anos, vítima de complicações causadas pela Covid-19. O artista estava internado desde o dia 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Paulo Gustavo deixa o marido, Thales Brestas, e dois filhos pequenos, Gael e Romeu. Além do pai, Júlio Marcos, da irmã, Juliana Amaral, e da mãe, Déa Lúcia Amaral, que inspirou a criação da personagem ‘Dona Hermínia’. O velório do ator acontecerá no Theatro Municipal do Rio, apenas para familiares e amigos próximos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Todos nós gostavamos do Paulo Gustavo, ator talentoso e ser humano impar, num mundo de divergencias, ele era bem quisto pro gregos e troianos, através do Amor venceu o preconceito e rótulos. O riso venceu a intolerãncia… Até breve…