Flamengo teme por convocações de jogadores e critica calendário: “Pune de forma severa”

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO / CBF

O Flamengo tem um elenco extremamente qualificado, o que causa temor por convocações no clube sempre que chega próximo de cada Data Fifa. O Rubro-Negro corre o risco de perder até seis jogadores, entre as listas de Brasil, Uruguai  e Chile. Diretor Executivo de Futebol do Fla, Bruno Spindel demonstrou certo descontentamento com a situação.

Tite irá convocar jogadores na manhã desta sexta-feira (14), e o treinador analisa seis nomes do Rubro-Negro: Rodrigo Caio, Gerson, Everton Ribeiro, Bruno Henrique, Gabigol e Pedro. Entretanto, nem todos devem ser chamados, mas é certo que ao menos dois serão lembrados na lista do técnico da ‘Canarinho‘. Arrascaeta e Isla também devem desfalcar o Flamengo por conta de Uruguai e Chile, respectivamente. Por isso, Spindel reclamou do calendário nacional.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


A gente entende que não seria justo, impacta no equilíbrio esportivo da competição. Já não é justo pela forma que o calendário é feito, coloca em risco o equilíbrio e ainda tira o brilho. No lugar de incentivar que os clubes tenham atletas de seleção, o calendário acaba punindo. A posição do clube é essa, a gente se preocupa muito e a instituição vai líder com os problemas conforme eles forem surgindo -, disse Spindel em entrevista à ESPN. Ele ainda prosseguiu:

A gente vai precisar lidar com isso. A gente fica feliz com convocação, é uma chancela ao trabalho do clube, do treinador, dos atletas, mas hoje traz um custo alto de performance, não me parece justo. Em vez de ser premiado pelo trabalho, o calendário acaba punindo de forma severa. Nenhum clube resiste em performance ao perder seis atletas em Data Fifa. É risco de saúde, performance e desempenho -, completou.

Os atletas convocados irão ficar ausentes dos clubes de 1 a 9 de junho. O Brasil joga nos dias 4 e 8 do próximo mês, contra Equador e Paraguai, respectivamente. Por isso, os jogadores chamados serão desfalques contra o Coritiba, pelo jogo de ida da terceira fase de Copa do Brasil, e diante do Grêmio, pela segunda rodada do Brasileirão. Além disso, os selecionáveis podem estar ausente no confronto de volta com o Coxa, dependendo de logística para estarem em campo.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Não faz sentido reclamar, a própria diretoria assina a aprovação do calendário.