Sem títulos na temporada, Jorge Jesus promete permanência no Benfica até fim de contrato

FOTO: MOVEPHOTO

O futebol revolucionário desenvolvido pelo Flamengo em 2019 faz com que o nome de Jorge Jesus esteja sempre ligado ao clube carioca de alguma forma. Isso, é claro, somado aos questionamentos sobre o trabalho de Rogério Ceni e péssimo aproveitamento do Mister no Benfica. No último domingo (23), o técnico português sagrou-se vice da Taça de Portugal para o Braga, por 2 a 0, e o comandante assumiu a responsabilidade pela temporada sem títulos.

O culpado sou eu, pois escolho os jogadores. Sou o primeiro responsável. Tenho mais um ano de contrato e já estamos nos preparando para a próxima temporada. Já estávamos antes do final desta. Saí do Benfica vencendo, saí do Flamengo vencendo… Não estou habituado a perder. E nem vou -, garantiu.

Já expus minhas ideias no decorrer da temporada. O fato de perder uma final e ter pedido outros troféus na época não me faz querer colocar o cargo à disposição. Não vou justificar. Hoje teve a ver com os jogadores e comigo, apesar do árbitro.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Ao todo, Jorge Jesus disputou seis competições com o Benfica: Liga dos Campeões, Liga Europa, Supertaça de Portugal, Liga, Taça da Liga e Taça Portugal. Não triunfou em nenhuma. Mesmo pressionado pela imensa maioria da torcida, o presidente Luís Filipe Vieira afasta qualquer possibilidade de demissão de imediato. O Mister tem contrato vigente até junho de 2022.

Se Jorge Jesus sofre ‘pressão popular’ por grande parte da torcida em Portugal, Rogério Ceni enfrenta o mesmo cenário no Flamengo. Contudo, no último sábado (22), o comandante ergueu a quarta taça pelo Mais Querido e a segunda pelo Estadual nesta temporada: Guanabara e Carioca. Mesmo com o apelo, o técnico também não tem pretensão de deixar o cargo.

Veja também

  • Mais o Ceni está ganhado títulos, o que o Mister ganhou no Benfica?
    Nada!
    Foi embora porque quis, agora arque com as consequências de suas escolhas, e pare de falar no Flamengo para ganhar visibilidade.

  • O Jorge Jesus é romantizado pela torcida do Flamengo. 2019 foi um ano totalmente fora da curva e lógico que todos que participaram daquilo tem méritos e estão na história do clube. Mas já em 2020 era possível notar que o time não iria repetir o desempenho. O título estadual ganho de maneira sofrida contra o Fluminense já gerava preocupações de alguns torcedores. Além disso o elenco enfraqueceu com as saídas do Pablo Mari, do Reiner e a lesão do Thiago Maia e sequentes lesões do Rodrigo Caio (que já voltou fazendo outro pênalti infantil). Se o mister tivesse ficado no Flamengo o time seria melhor do que é hoje? Provavelmente. Seria incontestável? Duvido com força.

  • Por que a Coluna do Fla persegue o Rogério Ceni?

  • São formas de trabalho diferentes, mas o Rogério sofre por conta de um sistema defensivo desequilibrado e por grande deficiência técnica e tática de alguns jogadores da zaga exceto Rodrigo Caio…Espero que o Flamengo examine o Mercado e traga um grande Zagueiro que possa nos ajudar, porquê não o Balbuena?- Derrepente Jemerson?…..Garanto que são melhores que Bruno Viana, Léo Pereira e Gustavo Henrique…

  • Que absurdo dizer que o Ceni tem a mesma pressão por demissão que o mister no Benfica. JJ é incomparável pelo desempenho à frente do FLAMENGO, nenhum técnico do mundo o suplantará, mas decidiu seguir outro rumo e está quebrando a cara, estou vibrando a cada derrota à frente do time português. Já Ceni faz um ótimo trabalha já tendo conquistado quatro títulos. Segue aprimorando nosso sistema de jogo com DNA extremamente ofensivo. Se arrumar a zaga, conquistaremos tudo em 2021.

  • Volta pra casa Mister…

Comentários não são permitidos.