Após imbróglio com Mané Garrincha, Fla analisa outros estádios para transferir jogos em junho

Na última segunda-feira (01), a Conmebol divulgou que a Copa América passou por uma reviravolta e anunciou o Brasil como a nova sede do torneio. Em meio a isso, além do calendário apertado e dos desfalques no elenco, o Flamengo também se preocupa com o estado do gramado do Maracanã. Dessa forma, o Fla analisa outros estádios para transferir os jogos de junho. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Flamengo e Fluminense decidiram transferir seus jogos com o objetivo de ‘poupar’ o estado do gramado do Maracanã e assim, recuperar e fazer um trabalho de fortalecimento no local. O Tricolor já alterou o confronto contra o Cuiabá, neste domingo (06), para o São Januário. O duelo será disputado às 11h (horário de Brasília), e será válido pelo Campeonato Brasileiro.

O Flamengo, no entanto, ainda não escolheu onde disputará seus jogos. Os dois confrontos do Rubro-Negro serão contra o América-MG, no dia 13, pelo Brasileirão. O segundo é contra o Coritiba, dia 16, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O estádio Mané Garrincha era uma das opções do Fla para jogar contra o Coxa, entretanto, como o local se tornou uma das sedes dos jogos da Copa América, o Mais Querido agora analisa outros palcos para transferir suas partidas.

Assim, a diretoria do Flamengo segue em busca de soluções. As opções no Rio de Janeiro são: São Januário (Vasco), Engenhão (Botafogo), Raulino de Oliveira (Volta Redonda), Bacaxá (Boavista), Moça Bonita (Bangu) e Moacyrzão (Macaé).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *