“Com Neymar de 10, Gabigol é o melhor atacante brasileiro em atividade no mundo”, diz jornalista

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO/CBF

Dois anos, nove títulos (sem contabilizar duas Taças Guanabara e uma Rio) e artilharia em todas competições disputadas: assim tem sido o furacão Gabigol no Flamengo desde 2019. Nesta temporada, por exemplo, o camisa 9 da Gávea marcou 15 gols e contribuiu com duas assistências em 14 jogos entre Carioca, Supercopa e Libertadores. São esses números que fazem com que Ricardinho Martins, jornalista dos canais TNT Sports, o considere o melhor atacante brasileiro em atividade.

Questionado sobre a convocação do camisa 9 rubro-negro, o jornalista mostrou-se favorável a opção de Tite em utilizar Gabigol entre os titulares na partida contra o Equador, na próxima sexta-feira (04), pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Tite está coberto de razão, acertou em cheio. O Neymar está jogando de 10 na Seleção, então vou tirar dessa comparação, o Gabigol hoje é o melhor atacante brasileiro em atividade no futebol mundial. Estou colocando o Neymar de 10, que fique claro. As pessoas têm muito preconceito com o Gabi, porque ele foi na Europa e não deu certo. Ele quer jogar no futebol brasileiro, é aqui que ele se encontrou. No Brasil, todo mundo passa a mão na cabeça dele. Tirando o Neymar, repito, as pessoas querendo ou não, é o melhor atacante brasileiro em atividade no mundo.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Depois de cinco anos, Gabigol pode retornar à titularidade da Seleção Brasileira na próxima sexta-feira (04), diante do Equador. O confronto válido pelas Eliminatórias está marcado para acontecer às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Beira-Rio, Porto Alegre. Nas atividades desta quarta-feira (03), Tite treinou com o camisa 9 da Gávea entre os 11 principais e aumentou indícios de que será um dos nomes da escalação inicial.

Na última transmissão de treinamento antes da viagem para Porto Alegre, foi possível ver o técnico Tite separando os jogadores em duas equipes: titulares e reservas. Nos 11 principais, o comandante optou por: Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos, Alex Sandro, Casemiro, Fred, Richarlison, Lucas Paquetá, Neymar e Gabigol.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A seleção brasileira vai servir de vitrine para valorizar os atletas do Mengão. Diretoria inteligente já deve estar planejando um novo time para 2022.