Flamengo fecha fase de grupos da Libertadores com prejuízo de quase R$ 500 mil no Maracanã

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo fechou a fase de grupos da Copa Libertadores invicto em seus domínios (vitória sobre o Unión La Calera e empates com LDU e Vélez Sarsfield) e classificado na primeira colocação do chaveamento. No entanto, o resultado financeiro dos jogos no Maracanã foram negativos, em virtude da ausência de público devido à pandemia do novo coronavírus. O prejuízo com as operações das três partidas no estádio, somadas, foi de R$ 487 mil aos cofres rubro-negros.

O déficit, como citado, é referente aos duelos contra o Unión La Calera (R$ 162.5 mil), em 27 de abril, LDU (R$ 163,2 mil), em 11 de maio, e diante do Vélez Sarsfield (R$ 161,3 mil), em 27 de maio. Nas oitavas de final do torneio, o Mais Querido enfrentará o Defensa y Justicia, em julho.

Pelo fato de ter se classificado em primeiro no Grupo G, o Mengo tem a vantagem de decidir o confronto em casa, no Maracanã. A partida de ida, em Buenos Aires, está marcada para o dia 14 de julho. Já o jogo de volta, no Rio de Janeiro, será uma semana depois, no dia 21 de julho.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!



Antes de pensar na equipe argentina, no entanto, o Rubro-Negro foca as atenções em seu próximo compromisso na temporada. Na noite desta quinta-feira (10), às 21h30 (horário de Brasília), os comandados do técnico Rogério Ceni visitam o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em duelo válido pela ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *