Flamengo perde três dos quatro reforços que ‘mudaram patamar’ da equipe em meados de 2019

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Antes de enfileirar títulos, o Flamengo já vinha se notabilizando pela força no mercado da bola. Nos últimos anos, foram recordes e mais recordes de transferências quebrados no cenário nacional. O ano de 2019, por exemplo, foi um grande diferencial para o elenco que se vê hoje, porém, três das quatro peças que reforçaram o clube naquele ano já têm futuro longe da Gávea: Pablo Marí, Rafinha e Gerson – que assinou com o Olympique de Marselha no último sábado (05).

Para o início daquela temporada, o Fla já havia contratado Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta, porém, foi apenas no meio do ano que um novo ‘pacote’ de reforços ajudou o time na arrancada para os títulos: Gerson, Pablo Marí, Rafinha e Filipe Luís. Destes, apenas o lateral esquerdo segue no plantel rubro-negro até os dias atuais.

Vale destacar que, naquele mesmo período, outra chegada também foi marcante para o Flamengo: o técnico Jorge Jesus. Àquela época, o português ainda era pouco conhecido pela torcida, contudo, foi ele quem deu início à era de títulos do Fla e deixa saudade no clube até os dias atuais.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


RELEMBRE O DESTINO DE CADA UM DELES:

Pablo Marí – Arsenal
Rafinha – Olympiacos (já deixou o clube, e hoje defende o Grêmio)
Gerson – Olympique de Marselha
Jorge Jesus – Benfica

 

Único remanescente do ‘pacotão’ do meio da temporada de 2019, Filipe Luís tem contrato com o Flamengo até o fim deste ano, mas a situação não parece incomodar a diretoria. Confiante de que o atleta ainda tem anos de carreira pela frente e está satisfeito no clube, a tendência é uma renovação do vínculo, sem grandes obstáculos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ladeira a baixo…quando a derrocada começar, o barril de pólvora irá explodir do Flamengo!! e em ano de eleição…