Futebol brasileiro registra pior resultado dos últimos anos com receita de patrocínios; Fla ocupa top 3

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

O ano de 2020, marcado pelo início da pandemia do novo coronavírus, destacou a dificuldade dos clubes brasileiros em gerar receitas de patrocínios. O resultado foi o  pior das últimas temporadas, de acordo com relatório de Amir Somoggi, da Sports Value. O Flamengo, com R$ 95 milhões, ocupa a segunda colocação.

Na frente do Rubro-Negro, aparece o Palmeiras, com R$ 115 milhões. Em terceiro vem o Corinthians, com R$ 71 milhões. Ao todo, em 2020, os times da Série A somaram R$ 535 milhões em receitas de patrocínios – o pior resultado desde o ano de 2009, quando o faturamento foi de R$ 405 milhões.

CONFIRA O TOP 20
1) Palmeiras – R$ 115 milhões
2) Flamengo – R$ 95 milhões
3) Corinthians – R$ 71 milhões
4) Cruzeiro – R$ 33 milhões
5) Grêmio – R$ 33 milhões
6) Internacional – R$ 32 milhões
7) Santos – R$ 24 milhões
8) Atlético-MG – R$ 21 milhões
9) Bahia – R$ 18 milhões
10) Vasco – R$ 17 milhões
11) São Paulo – R$ 16 milhões
12) Athletico-PR – R$ 14 milhões
13) Fluminense – R$ 10 milhões
14) Ceará – R$ 8 milhões
15) Fortaleza – R$ 7 milhões
16) Botafogo – R$ 6 milhões
17) Coritiba – R$ 6 milhões
18) Goiás – R$ 4 milhões
19) Atlético-GO – R$ 4 milhões
20) América-MG – R$ 2 milhões

Para ilustrar a enorme diferença em comparação ao futebol europeu, as 20 equipes da Premier League, liga da Inglaterra, faturaram cerca de US$ 1,9 bilhões. Já os 18 times da Bundesliga, primeira divisão da Alemanha, somam um total de US$ 1,6 bilhões. Países como Dinamarca, Portugal e Bélgica, ficam na frente do Brasil.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!



Em suma, os números ficam bem abaixo mesmo incluindo a CBF. A Seleção Brasileira movimenta cerca de R$ 365 milhões de patrocínio. O montante, somando a Canarinho e os clubes, atinge R$ 900 milhões, marca que já foi superior a um bilhão de reais.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *