Jornalista detona postura da CBF em relação ao Flamengo e opina: “Não pode liberar o Pedro”

FOTO: RICARDO NOGUEIRA/ CBF

As últimas convocações para o cumprimento dos compromissos Data FIFA acentuaram a briga de bastidores entre Flamengo e CBF. O caso Gabigol, por exemplo, gerou um desgaste de todos os lados – visto que o atleta desfalcou o clube na Copa do Brasil por um edema diagnosticado pela entidade. O jornalista Renato Maurício Prado considera a postura do Rubro-Negro correta e diz o que faria se fosse dirigente do clube.

Eu estou fazendo uma campanha, subindo hastag, o diabo a quatro, Pedro não. Pedro não. O Flamengo não pode liberar o Pedro. Se essa diretoria liberar o Pedro, a torcida tem que ir mais na Gávea e pichar todos os muros de uma vez só. A CBF tem prejudicado o Flamengo sistematicamente.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O próprio Pedro foi convocado duas vezes, quando já era jogador do Flamengo. Em uma dessas voltou com uma contusão muscular que a CBF tentou minimizar. E agora devolve o Pedro com covid porque foi jogar lá na Sérvia, os jogadores ficaram dez horas esperando conexão, um absurdo total -, disse durante a participação no UOL News Esporte.

Pedro ainda não retornou aos compromissos com o Flamengo, pois, conforme citado, foi diagnosticado com Covid e cumpre período de isolamento. O atleta participou dos últimos dois amistosos da Seleção Olímpica antes dos jogos em Tóquio, no mês de julho. Gerson também esteve entre os nomes de André Jardine. É capaz que o camisa 21 esteja entre os convocados do próximo dia 17.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Jornalista mandando pixar muro? Será que ele se perguntou se o Pedro quer jogar a olimpíada?

  • Jornalista mandando pixar muro? Será que ele se perguntou se o Pedro quer jogar a olimpíada?

  • Discordo totalmente. Independente de CBF ou qualquer coisa, jogar as olimpíadas é uma honra pra qualquer atleta, além da visibilidade e experiência que o Pedro ganharia se for convocado. Ainda valoriza o jogador e dá visibilidade internacional para o clube. Não faz sentido barrar um jogador de uma olimpíada. Põe o Muniz e vai embora.