Prefeito do Rio admite encontro com Landim e revela motivo que impediu público na final do Carioca

Na última segunda-feira (31), a Conmebol anunciou a Copa América no Brasil. A repercussão virou pauta para diversos noticiários, que discutiram a viabilidade do torneio no país. Em meio a isso, a possibilidade de haver público veio à tona, e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, comentou sobre quando o Flamengo fez o pedido para a final do Campeonato Carioca. O governante relatou um encontro com o presidente do clube, Rodolfo Landim, e revelou ser favorável ao retorno dos torcedores aos estádios.

– O Flamengo fez um pleito, na final, no Fla x Flu, para ter torcida no Maracanã. Eu estive com o presidente do Flamengo, foi muito gentil, muito educado. Eu falei que a decisão não é minha, eu sou até a favor de ter a torcida, até queria eu Vasco estivesse na final. Infelizmente, nem o Vasco estava na final, e a Secretaria de Saúde negou isso ao Flamengo. Então, se alguém amanha quiser tratamento especial porque é Copa América, vai precisar consultar a Secretaria de Saúde. Se eles disserem que pode, pode, se eles disserem que não pode, não pode. Hoje não pode, mas não sei se vai estar melhor lá na frente. Tomara que sim, mas também pode estar pior.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O Rio de Janeiro será o principal palco dos jogos da Copa América. Até então, o Maracanã só será usado para a finalíssima da competição, as outras partidas acontecerão no Nilton Santos. Contudo, como mencionado por Eduardo Paes, cabe a Secretaria de Saúde decidir se haverá público ou não nas partidas.

Mesmo com o Maracanã livre, os próximos jogos do Mais Querido podem ocorrer no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Dessa forma, os duelos entre Flamengo x América-MG (13/06) e Flamengo x Coritiba (16/06) podem acontecer fora da capital. O objetivo é dar mais tempo para manutenção do gramado que vem sendo muito utilizado nesta temporada.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *