Renato Gaúcho minimiza desconfiança da torcida após 5 a 0 em 2019: “Por onde eu vou, recebo carinho”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Escolhido para o comando técnico do Flamengo, Renato Gaúcho foi apresentado oficialmente pelo clube, nesta segunda-feira (12). Durante a entrevista coletiva no Ninho do Urubu, o treinador foi questionado sobre uma suposta rejeição da torcida por causa do fatídico 5 a 0 que ele sofreu do Mais Querido em 2019, quando ainda dirigia o Grêmio. Portaluppi, contudo, rechaçou tal desconfiança dos rubro-negros e garantiu que recebe carinho por onde passa.

– O homem lá de cima não agradou todo mundo e nem o Renato vai agradar. Por onde eu vou tenho o carinho da torcida do Flamengo. Aquele jogo, o Flamengo mereceu ganhar do Grêmio. Naquele dia, o Grêmio não estava em sua noite, não tirando o mérito do Flamengo. São coisas que acontecem no futebol. Flamengo estava em uma fase excepcional, não à toa foi Campeão da Libertadores e Brasileiro. Agora eu estou desse lado e vou fazer tudo para dar continuidade nessas conquistas.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Após a apresentação oficial, nesta segunda (12), Renato Gaúcho se reuniu com o elenco rubro-negro e, posterirormente, realizou o primeiro treinamento no comando do Mais Querido. O treinador, inclusive, iniciou a preparação para sua estreia no Fla contra o Defensa y Justicia, pela Libertadores, já nesta quarta-feira (14).

Defensa y Justicia x Flamengo será disputado às 21h30 (horário de Brasília), Estádio Norberto “Tito” Tomaghello. Como de costume, o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, via YouTube. Rafa Penido comanda a narração, acompanhado do comentarista Tulio Rodrigues e da repórter Letícia Marques.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ficou até mais “elegante” vestindo novamente essa camisa…rs. Mesmo depois do gol de barriga, das fanfarronices e depois das besteiras que falou antes dos jogos da Libertadores de 2019. Nunca apoiei essa contratação, por perceber que ele usou por 2x o interesse do Flamengo pra ganhar aumento de salário no Grêmio, e isso não faz dele o mais “ético” dos treinadores, mas quem o é nesse meio contaminado por (muito) dinheiro e vaidades?
    Só desejo sorte a ele. Até porque, no segundo empatezinho que tiver, os nutellinhas que hj tem orgasmos múltiplos de ver ele com o Manto, e as viúvas de JJ, já vão subir a hashtag “FORARENATO”, como fizeram com o Jumèntec e o Ceni. Já começa bem, com Alexandre Mendes, Mauricinho e Fera para ajudá-lo com o elenco de “oto patamá” e já num jogo decisivo de Libertadores. Vamos ver se Renato é tudo isso mesmo que ele acha que é.
    Pra cima deles, Flamengo!!🔴⚫