Flamengo prepara ação contra TV equatoriana; jornalista acusou clube de lavagem de dinheiro

FOTO: REPRODUÇÃO

Por: Paula Mattos e Letícia Marques

Após anos de reestruturação, o Flamengo conseguiu alcançar um bom patamar financeiro e, com gestões comprometidas, se tornou referência no futebol mundial. O momento do clube possibilita contratações de jogadores de peso, como foi o caso da última janela, quando o Rubro-Negro foi até a Premier League buscar novos nomes. A situação, no entanto, parece ter incomodado o apresentador de uma TV Equatoriana, Vito Muñoz, que nesta segunda (23), questionou o poderia econômico do Fla e acusou o presidente Rodolfo Landim de lavagem de dinheiro.

Em apuração exclusiva da reportagem do Coluna do Fla, o Flamengo afirmou que irá preparar uma notificação para conseguir um direito de resposta e já cogita a possibilidade de entrar com uma ação na justiça, caso o pedido de retratação não seja atendido.

“Nós vamos notificar a emissora e pedir retratação na TV e nas redes sociais por essa absurda acusação, totalmente descabida, sem pé nem cabeça. Caso não atendam vamos aproveitar nossa ida ao Equador para preparar uma ação judicial contra a emissora TC Television Equador”, informou o vice-presidente geral e jurídico, Rodrigo Dunshee.

VEJA AS DECLARAÇÕES:

– Nenhum de vocês se colocou a pensar de onde tem tanto dinheiro o Flamengo, para que em cinco anos deixou de ser um clube que devia 400 milhões de dólares passar a ter despesas de 200 milhões? Só comparado ao Sevilla, da Espanha, que é o quarto clube com mais dinheiro no futebol de primeiro mundo… E agora se reforça com jogadores da Premier League. É inacreditável. Em um país como o Brasil, que deve 1500 milhões de dólares, que tem a pior taxa de covid, com mais de 600 mil falecidos… Kenedy, Andreas Pereira e David Luiz. Kenedy, do Chelsea, Pereira, do Manchester United e David Luiz, de nada mais nada menos do que Arsenal -, disse o apresentador, antes de prosseguir:


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Então, com esses reforços, senhores, a dívida do Flamengo passa a ser de 200 milhões de dólares, depois de ter quebrado, de ter problemas na concentração de jogadores, a América inteira se pergunta: o que faz o Flamengo? E eu vou te dizer hoje de onde sai o dinheiro do Flamengo. Nada mais, nada menos, do que o presidente do Flamengo é um lavador de dinheiro. E pode receber uma sanção de prisão de três a nove anos. Mas, Rodolfo Landim é um bandido, está em seu grande momento com o Flamengo, e o Bolsonaro, presidente do Brasil, o quer para vice-presidente em 2022 -, concluiu.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O Equador não tem história no futebol mundial.
    O incauto apresentador, antes de defecar pela boca, deveria atentar para fatos que permitiram a reestruturação financeira do clube.
    O CRF tem a maior torcida do mundo, o que lhe permitiu alavancar uma série de projetos. Só em 2019, a média de torcedores do clube foi cerca de 52 500, que proporcionaram a renda de R$ 97 Milhões. O Mengão, apesar de não figurar entre as 10 camisas mais vendidas no mundo teve contabilizadas mais de 1 milhão de venda do manto, superando o Chelsea. Também está entre os 5 clubes de maior acesso na internet, no mundo. O sócio torcedor lhe rendeu uma grana que o Barcelona Equador (maior clube do país) provavelmente vai ficar algumas décadas sem experimentar. O Mengão vendeu um número elevado de jogadores também obtendo receita inimaginável para um clube equatoriano.
    O CRF tem uma história de conquistas que o Barcelona não vai igualar, tão cedo (bota séculos aí).
    Sem entrar nos detalhes sobre a reorganização financeira do clube, poderemos dizer que além das receitas naturais, entraram nos cofres do clube receitas de parceiros que sabem da grandeza e da capacidade de gestão dos administradores, que vêm fazendo um trabalho respeitado até a nível internacional (a gestão de Eduardo Bandeira de Mello no Flamengo ganhou vários prêmios de gestão e transparência, sendo destaque até no jornal Americano The New York Times).
    O trabalho da gestão EBM foi respaldada pela auditoria realizada pela Ernst & Young Global Limited, uma empresa do Reino Unido, empresa que goza de conhecida credibilidade.
    UM TRABALHO DESTE NÍVEL, QUE MELHORA A CADA DIA, SÓ PODERIA CAUSAR INVEJA AOS INCOMPETENTES!

  • Falou pouco mas falou merda.