Flamengo Esports é rebaixado para Série C da Liga Brasileira de Free Fire

FOTO: REPRODUÇÃO/ FLAMENGO ESPORTS

O torcedor do Flamengo tem mais uma decepção na área de esportes eletrônicos nessa reta final de 2021. O clube está rebaixado para Série C da Liga Brasileira de Free Fire, a LBFF. O Rubro-Negro entrou para zona da degola após outra atuação de baixíssimo nível e foi ultrapassado pelos concorrentes.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


A Série B teve a presença de 35 equipes, divididas em seis grupos. Os primeiros 18 classificaram para os playoffs, enquanto os dez últimos são automaticamente rebaixados para a terceira divisão. É a segunda queda do Flamengo no ano. A primeira, na LBFF 4, aconteceu neste ano.

O Flamengo entrou para a modalidade em uma parceria com a B4, uma das maiores e mais tradicionais equipes do jogo, em 2020. No entanto, apenas quatro meses depois, foi anunciado o fim da união. Em 2021, o resultado ruim veio logo na primeira vez em que o clube “andou com as próprias pernas”. Na LBFF 5, o Rubro-Negro foi rebaixado para a B. Meses depois, com mais um show de atuações ruins, caiu para a terceirona.

A modalidade de esportes eletrônicos do Flamengo é gerido pela empresa norte-americana Simplicity Esports. Diferentemente da equipe de League of Legends, que apesar de amargar resultados negativos possui verba para bom elenco, o Free Fire fica ‘escanteado’ e com pouco investimento, seja para contratações de alto nível ou influenciadores. Por conta disso, a operação da equipe é sempre repassada para diferentes empresas.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *