Matheus Thuler lamenta falta de oportunidades no Fla e abre o jogo sobre possível retorno

Foto: Divulgação Montpellier

O Flamengo tem um trabalho de excelência nas categorias de base e, com isso, revelou inúmeros bons jogadores nos últimos anos. Entre eles, está o zagueiro Matheus Thuler, que atualmente defende o Montpellier, da França, por empréstimo até 2022. Em entrevista ao jornalista Venê Casagrande, o atleta de 22 anos, revelou que gostaria de ter tido mais oportunidades no elenco principal, já que, para ele, respondia à altura quando era exigido.

– Eu acho que Deus sabe o tempo de tudo. Lógico que gostaria de ter tido mais oportunidades, até porque sempre que fui exigido e, na minha visão, eu correspondi. Respeito a opinião de todos os treinadores que trabalhei, mas estou focado em crescer aqui na Europa. Não posso me dar o luxo de ficar lamentando o que já passou.

 


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


 

 

Mesmo sem ter se firmado no time profissional, o zagueiro era bem visto por parte da torcida rubro-negra. O defensor, inclusive, já chegou a ser pedido na equipe titular algumas vezes, principalmente com Rogério Ceni. À época, o treinador optava por escalar Willian Arão no setor. Thuler tem contrato com o Flamengo até 2024 e, como citado, está emprestado ao Montpellier. Caso o time francês queira contratar o atleta em definitivo, terá que desembolsar mais 2,5 milhões de euros (algo em torno de R$ 14,8 milhões).

No entanto, o jogador pode voltar ao Flamengo, se o Montpellier optar por não adquiri-lo em definitivo. Questionado sobre o possível retorno, o jogador citou a gratidão que tem pelo Mengo, mas ressaltou o objetivo de ter sucesso no Velho Continente.

– Sou cria do Flamengo e ainda sou atleta do clube (contrato até 2024). Tenho enorme gratidão por todos que lá estão, mas quando decidi aceitar esse desafio, eu coloquei na minha cabeça que vou vencer aqui na Europa. Estou me esforçando muito por isso e estou muito feliz com meu momento aqui no Montpellier, finalizou Thuler.

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Entre Thuller e Léo Pereira…

  • a verdade é que o inventor rogerio ceni,acabou com o nosso time e com os zagueiros,sei que muitos gostaram de Arão ser improvisado como zagueiro eu sempre achei que o lugar dele era na cabeça de area,simplismente menosprezou nossos jovens e os zagueiros.

  • Um dia a verdade sempre aparece… 2,5 mi de euros pelo Thuller! Não chega nem a 15 mi de reais… Que absurdo! E a dupra dinâmica ainda quer aplausos!? Trocando nossas JOIAS por míseras bananas?… O Braz entende de jogador, sabe escolher, fato, mas p determinar valores…, hein, Sr. LANDIM?… E escolher técnicos, então! Só Deus p ajudar, mandando um Renato do céu ou o seu próprio filho, jesus, JJ. Tomara que o Dani urso não venha e que o nosso Renatão, lógico, não saia, porque senão!!!!… Haja castelo!…

  • Isso mesmo, alício!

  • Com Renato já teria assumido a posição.