“Não vamos perder tempo mencionando pessoas insignificantes”, dispara dirigente do Fla após grave acusação de jornalista

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Neste domingo (12), o Flamengo e Palmeiras duelaram no Allianz Parque e tomaram conta das discussões esportivas no Brasil. Contudo, antes mesmo da vitória rubro-negra por 3 a 1 no confronto, o jornalista Chico Lang passou dos limites do debate futebolístico e acusou o Mais Querido de participar de facção criminosa no Rio de Janeiro.

A declaração repercutiu no Clube da Gávea, e o dirigente rubro-negro, Rodrigo Dunshee, se manifestou e garantiu que vai tomar as devidas providências.

Tenho sido avisado de alusões criminosas em face do Flamengo. Não vamos perder tempo mencionando pessoas insignificantes. Vamos logo meter a flecha no bambu. SRN”, escreveu Dunshee em sua conta no Twitter.

VEJA A PUBLICAÇÃO:


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Através do Twitter, Chico Lang protestou contra supostos ‘privilégios’ do Flamengo e relacionou o clube à maior facção criminosa do Rio de Janeiro: “É o tal negócio, o Flamengo tem privilégios e mais privilégios dentro da CBF, órgãos governamentais e dizem até que o Comando Vermelho ajuda lá. Sei lá se é verdade, mas é assim. Tudo pode no Flamengo”.

OUÇA AS NARRAÇÕES DOS GOLS DO FLAMENGO:

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O FLAMENGO. TEM QUE PROCESSAR ESSE COMENTARISTA DE MERDA E FAZER ELE VER O SOL NASCER QUADRADO.

  • O FLAMENGO. TEM QUE PROCESSAR ESSE COMENTARISTA DE MERDA E FAZER ELE VER O SOL NASCER QUADRADO.